Criador dos NFTs Bored Ape Yacht Club entra com processo contra coleção que imita BAYC

The Block
The Block
26/06/2022 - 11:20
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Bored Ape Yacht Club
Bored Ape Yacht Club é uma coleção com 10 mil NFTs únicos, lançada em abril de 2021. (Imagem: Twitter/Bored Ape Yacht Club)

O estúdio criador dos tokens não fungíveis (NFTs) Bored Ape Yacht Club (BAYC) — Yuga Labs — processou o artista Ryder Ripps e vários associados, acusando-os de produzir e vender “NFTs imitadores” que desvalorizam os originais, segundo as páginas de Yuga Labs e de Bored Ape Gazette no Twitter.

O processo alega que Ripps buscou “desvalorizar os NFTs Bored Ape ao inundar esse mercado com sua própria coleção de NFT, usando as imagens originais de Bored Ape Yacht Club e chamando-as de NFTs ‘RR/BAYC’”.

O processo aponta que NFTs Bored Ape “são frequentemente revendidos por centenas de milhares, se não milhões, de dólares, e importantes celebridades são detentoras orgulhosas de NFTs Bored Ape”, acrescentando que existem somente 10 mil itens de BAYC e que cada um deles é único.

Yuga Labs busca um julgamento que impeça Ripps e associados de “se envolverem em novas interferências em suas potenciais relações econômicas”, bem como danos e honorários advocatícios.

Ripps disse, no início deste ano, no Twitter que estava “buscando e fazendo publicações sobre as ligações entre nazistas e BAYC”. Os fundadores de Bored Ape Yacht Club responderam às alegações em uma publicação em blog na última sexta-feira (24).

Um representante da empresa de advocacia que atende Yuga Labs, Strange Brew Strategies, disse ontem (25) via e-mail que os NFTs RR/BAYC foram removidos da OpenSea, plataforma de comercialização de NFTs. Atualmente, constam nas imagens dos NFTs de Ripps uma marca d’água dizendo “possivelmente falso”.

Bored Ape Yacht Club completa 1º aniversário;
veja o que fez a coleção se destacar

Criadores de Bored Ape Yacht Club rebatem acusações

Na publicação em blog da última sexta-feira, os fundadores de Bored Ape Yacht Club rebateram as acusações feitas por Ripps e pelo YouTuber Philion.

“Nós nos tornamos o alvo de uma campanha de desinformação maluca que nos acusa — um grupo de amigos formada por judeu, turco, paquistanês e cubano — de sermos nazistas supersecretos. Apesar de a Liga Anti-Defamação (ADL), que existe para proteger pessoas judias pelo mundo desse tipo de ódio e calúnia, ter confirmado que isso não é verdade, trolls ainda estão espalhando teorias conspiratórias ridículas na internet e usando isso para vender NFTs falsos (surpresa!)”, disse Yuga Labs na declaração.

No início desta semana, um vídeo no canal de Philion no YouTube apresentou uma lista de alegações sobre as supostas conexões dos fundadores de BAYC com o nazismo, e pediu para usuários do Twitter aderirem à campanha contra Yuga Labs, usando a hashtag #BURNBAYC (ou #QUEIMEBAYC, em tradução livre).

O objetivo era encorajar detentores famosos de BAYC a destruírem seus NFTs.

BAYC enfrentou diversas críticas nos últimos meses, lideradas por Ripps, que disse em seu site estar “investigando as extensas conexões entre BAYC e a cultura nazista subversiva na internet” desde dezembro do ano passado.

Na metade de maio, Ripps lançou a coleção que imita os NFTs de Bored Ape Yacht Club.

Siga o Crypto Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas, analistas e leitores do Crypto Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no mundo cripto. Siga agora a página do Crypto Times no Facebook!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 26/06/2022 - 11:20

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto