Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CTC Centro de Tecnologia Canavieira pede registro de IPO

23/10/2020 - 10:42
cana-de-açúcar
Caixa robusto: margem ebitda do CTC é de 55,2% (Imagem: Pixabay/ Albrecht Frietz)

O Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) apresentou seu pedido de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

A operação será composta por uma oferta primária (dinheiro que, efetivamente, entrará no caixa da empresa) e uma secundária (dinheiro que irá para os acionistas que venderem seus papéis).

Na minuta do prospecto preliminar, que acompanha o pedido, o CTC declara que “acredita ser a empresa líder em melhoramento genético e biotecnologia aplicados à cultura da cana-de-açúcar.”

Seu foco é a pesquisa, desenvolvimento e comercialização de novas variedades de cana, por meio de engenharia genética.

O CTC lembra que o Brasil é o maior mercado de cana-de-açúcar do mundo, segundo a FAO, a agência das Nações Unidas para agricultura e alimentação. O país movimentou US$ 20 bilhões na safra 2019/2020.

Máquina de gerar caixa

A julgar pelos dados financeiros na minuta da operação, o CTC é uma máquina de geração de caixa. No acumulado de janeiro a setembro, a companhia reportou receita líquida de R4 152,7 milhões, uma alta de 33% sobre igual período do ano passado.

Já o ebitda saltou 129%, para R$ 84,3 milhões, o que significa uma margem ebitda de 55,2%. O lucro líquido cresceu 128% e somou R$ 50 milhões.

O CTC também apresenta bom desempenho em outro item que costuma agradar investidores e analistas – o endividamento. Em plena pandemia de coronavírus, com os economistas dando como certa uma recessão neste ano, a empresa possui dívida líquida negativa (isto é, mais caixa, do que dívidas) de R$ 211,5 milhões.

Veja a minuta do prospecto preliminar da operação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 23/10/2020 - 10:42