Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Curva de preço da celulose faz ações da Klabin e da Suzano valerem mais

05/03/2021 - 13:20
Papel, Celulose, Suzano
O Santander revisou para cima a previsão de preço médio da celulose de fibra curta a US$ 640 por tonelada para 2021 (Imagem: YouTube/Suzano)

O Santander Brasil (SANB11) espera que os preços de celulose ainda podem subir mais de 20%
acima dos níveis atuais, potencialmente acelerando a desalavancagem e levando a uma forte
geração de caixa livre entre as empresas do setor de papel e celulose.

“Vemos o equilíbrio de oferta e demanda favorável aos preços até meados de 2022, sugerindo que esse ciclo de alta pode ser potencialmente mais longo do que nossas expectativas iniciais”, comenta o analista setorial Rafael Barcellos, que assina o relatório a clientes.

Sequencialmente, o banco revisou para cima a previsão de preço médio da celulose de fibra curta a US$ 640 por tonelada para 2021.

O analista elevou a recomendação da Suzano (SUZB3) para compra, colocando a ação como a favorita do setor. Além disso, os preços-alvos tanto da Suzano quanto da Klabin (KLBN11) foram aumentados até o final do ano.

Veja a seguir as recomendações do Santander:

Empresa Ticker Recomendação Preço-alvo antigo (R$) Preço-alvo atual (R$)
Klabin KLBN11 Compra 57 95
Suzano SUZB3 Compra 32 36

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 05/03/2021 - 14:03