Empresas

Decisão judicial interdita minas da Vale em Itabira, Minas Gerais, diz MPT-MG

05 jun 2020, 18:25 - atualizado em 05 jun 2020, 18:25
Vale Mineração Empresas
A determinação atendeu mandado de segurança impetrado pelo MPT-MG, que viu riscos de contaminação de funcionários pelo coronavírus (Imagem: Reuters/Adriano Machado)

Uma decisão judicial restaurou nesta sexta-feira a interdição de um complexo de minas da Vale em Itabira, Minas Gerais, informou o Ministério Público do Trabalho do Estado em comunicado.

A determinação atendeu mandado de segurança impetrado pelo MPT-MG, que viu riscos de contaminação de funcionários pelo coronavírus, e é válida até que haja uma decisão de mérito sobre o caso ou até que sejam adotadas medidas determinadas por auditores fiscais do trabalho.

A decisão, assinada pelo desembargador do trabalho Marco Túlio Machado Santos, afirma que o objetivo da interdição é assegurar que sejam realizados “os esforços necessários para se evitar a propagação da pandemia no âmbito da empresa”.

Não foi possível ter um comentário imediato da Vale sobre a medida judicial.

Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.