Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Demanda para armazenar excesso de diesel no mar aumenta rápido

16/09/2020 - 12:34
petróleo
O interesse no armazenamento flutuante de combustíveis, um dos sinais mais claros de excesso de oferta, será visto com preocupação por muitas das refinarias de petróleo do mundo (Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson)

Grandes operadores de petróleo estão correndo para contratar petroleiros com o objetivo de estocar o excesso de petróleo refinado como diesel e combustível de aviação nos oceanos do mundo.

O interesse no armazenamento flutuante de combustíveis, um dos sinais mais claros de excesso de oferta, será visto com preocupação por muitas das refinarias de petróleo do mundo – especialmente as da Europa – que estão lidando com o pior mercado em anos para os dois produtos devido ao efeito negativo que o coronavírus teve na demanda.

A Torm A/S, quinta maior proprietária de petroleiros do mundo, diz que os pedidos de armazenamento estão aumentando, enquanto as empresas que analisam os movimentos dos petroleiros afirmam que a quantidade de combustível retido no mar está subindo. Glencore, Vitol e Mabanaft reservaram navios-tanque para armazenar combustíveis.

O Grupo Trafigura contratou cerca de 12 superpetroleiros na semana passada para possível armazenamento. A maioria era para petróleo, mas alguns eram para combustíveis.

“A demanda europeia está sendo pressionada pela ameaça de uma segunda onda de Covid-19 em todo o continente”, disse Jay Maroo, analista sênior de mercado da Vortexa. “O interesse por armazenamento flutuante a diesel parece prestes a aumentar.”

Ressurgimento de Covid

As reservas vêm em meio a um aumento no número de novos casos de coronavírus que a Agência Internacional de Energia e a Opep esperam que atinja a demanda de petróleo, servindo como um lembrete do excesso de oferta crônica que levou os operadores a armazenar milhões de barris de petróleo e combustíveis em excesso nos navios-tanque no início do ano.

A Torm diz que o interesse no armazenamento flutuante está centrado na retenção de diesel no noroeste da Europa e tem o potencial de segurar navios e dar suporte a taxas de frete para os navios que, de outra forma, estariam competindo para transportar cargas.

Da mesma forma, os dados de rastreamento de petroleiros sugerem que parte do armazenamento pode muito bem ocorrer no noroeste da Europa. Pelo menos três cargas de diesel dos EUA foram transferidas para petroleiros flutuantes no Mar do Norte neste mês, em vez de descarregar em tanques costeiros.

Os estoques de combustível do tipo diesel em armazenamento independente em terra no centro comercial de Amsterdã-Roterdã-Antuérpia aumentaram acentuadamente nas últimas semanas para o maior nível em 13 meses, de acordo com dados da Insights Global.

Ao mesmo tempo, os estoques de combustíveis destilados incluindo diesel no Golfo dos EUA estão sazonalmente em seu patamar mais alto desde pelo menos 1991, de acordo com a Administração de Informações de Energia.

Fazendo o contango

Globalmente, a quantidade de combustível do tipo diesel mantido em armazenamento flutuante saltou em cerca de 10% nas primeiras duas semanas deste mês, de acordo com a Vortexa. O combustível para aviação teve um aumento semelhante, chegando a 12,5 milhões de barris, a maioria dos quais mantidos na costa da Europa.

O armazenamento flutuante acontece quando o preço à vista do petróleo fica tão deprimido em relação aos meses posteriores que os operadores podem comprar cargas, colocá-las em navios e vendê-las mais tarde com lucro – mesmo depois de pagar milhões de dólares pelo aluguel do navio.

Essa estrutura do mercado de petróleo é chamada de contango. Para o petróleo bruto, o armazenamento flutuante baseado em contango muitas vezes significa contratar os maiores superpetroleiros do setor, porque eles são normalmente mais baratos por barril. Para diesel – a menos que novos navios construídos possam ser encontrados – tanques menores são mais comuns.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 16/09/2020 - 12:34