Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Demanda por painéis solares despenca em meio a incertezas

06/04/2020 - 13:51
Setor Elétrico Energia Solar
Analistas agora projetam que as instalações residenciais podem cair neste ano, o que seria um grande revés para um setor fundamental no combate à mudança climática (Imagem: Unsplash/@draufsicht)

Quando o coronavírus atingiu a China no final do ano passado, a indústria de painéis solares dos Estados Unidos ficou preocupada com o impacto na manufatura. A Ásia é a principal fonte de painéis e outros equipamentos e, como instaladores residenciais antecipavam um ano de expansão, um gargalo na cadeia de suprimentos podia ser um grande obstáculo.

Acontece que o maior dilema do setor em 2020 é muito diferente: a demanda está em queda. Atualmente, muitos proprietários de imóveis não estão exatamente no clima de comprar painéis ou ter instaladores de painéis em seus telhados, mesmo os que já tinham concordado em comprá-los ou arrendá-los.

Analistas agora projetam que as instalações residenciais podem cair neste ano, o que seria um grande revés para um setor fundamental no combate à mudança climática.

“Quando o vírus surgiu, todo mundo dizia: ‘Meu Deus, as fábricas chinesas’”, diz Tara Narayanan, analista solar da BloombergNEF. “Agora a pergunta é: a demanda global entrará em colapso?”

A pandemia de coronavírus atrasa as instalações de painéis solares residenciais justo com a proximidade do verão, uma estação de pico.

Regras de distanciamento social obrigaram instaladores a descartar estratégias de marketing confiáveis, como vendas porta a porta, quando vender ficou muito mais difícil: de repente, milhões de americanos estão sem trabalho.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O Morgan Stanley projeta que os volumes de painéis solares residenciais nos EUA podem despencar 48% no segundo trimestre na comparação anual, 28% no terceiro trimestre e 17% no quarto trimestre. Segundo o banco, os clientes indicaram que vão “adiar ou cancelar as reformas de residências”.

A consultoria Wood Mackenzie, que havia projetado aumento das instalações residenciais de 10% nos EUA neste ano, agora acredita que o mercado poderá encolher até 34% em relação a 2019.

Algumas instalações já foram adiadas, outras canceladas. E, com base em pedidos de empréstimos e concessões e outros fatores, a fabricante de painéis solares SunPower disse no fim do mês passado que a demanda residencial no segundo trimestre poderia diminuir entre 10% e 30%, com Califórnia e Nova York no topo dessa faixa.

Última atualização por Vitória Fernandes - 06/04/2020 - 13:51