Desvantagem do etanol foi sentida pelas usinas na semana, mas preço subiu nos postos novamente

23/05/2021 - 14:58
O biocombustível de cana ficou caro e a cadeia produtiva teve de cortar os preços (Imagem: Pixabay)

A perda de competitividade do etanol nos postos, ao final da semana anterior (dia 16), quando a paridade chegou a 76% do preço da gasolina em São Paulo, e como registrou Money Times, foi sentida ao longo desta pelos fabricantes.

O preço do hidratado recuou 4,53% nas indústrias, segundo o levantamento do Cepea no Estado, e vai para est segunda (24) cotado a R$ 2,9107, livres de impostos e fretes.

O preço diário do biocombustível caiu quatro vezes também na semana nas distribuidoras lotadas em Paulínia (SP).

Ainda assim a ANP confirmou também a elevação do etanol nos postos, bem como da gasolina e diesel.

As usinas tiveram de ceder nas ofertas, depois de altas expressivas entre 3 e 7 de maio, de 10,05%, e de 4,19%, entre os dias 10 e 14.

Estavam aproveitando os baixos inventários das distribuidoras e a menor produção de etanol, na medida que o açúcar está sendo privilegiado na produção, em razão dos preços e das fixações de exportações, e nem todas as usinas do Centro-Sul estavam com operações completas.

Havia – e há – cana atrasada pelo tempo mais seco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 23/05/2021 - 15:26

Cotações Crypto
Pela Web