Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Devedores Anônimos ajudam pessoas com compulsão por dívidas

30/09/2019 - 10:00
30 Somente em 2018, cerca de 62, 6 milhões de pessoas fecharam o ano com o nome sujo, de acordo com o SPC.

Atualmente, o Brasil conta com cerca de 65 milhões de pessoas endividadas.  Este número representa 40% da população adulta brasileira, ou seja, quase metade das pessoas contém dívidas e já negativaram o seu CPF. Muitas vezes, se endividar é um comportamento visto como normal ou até ensinado. Mas, dentro disso, existem também pessoas que sofrem com isso, que entendem o comprar e consequentemente o dever, como uma necessidade.

O que fazer?

Pessoas que carregam muitas dívidas e continuam fazendo novas, são conhecidas como devedores compulsivos, ou seja, assim como existe a compulsão alimentar, existe também a de dever, o prazer de fazer compras, mesmo que não possua o dinheiro para arcar com isto. De acordo com o grupo Devedores Anônimos, viver em um constante estado de dívida deixa de ser um problema somente financeiro e passa também a ser uma doença. No caso do devedor compulsivo, ele se caracteriza por ter gastos que não satisfazem sua necessidade.

Como identificar um devedor compulsivo?

Para entender melhor sobre este caso, o Canal 1Bilhão Educação Financeira convidou a Psicóloga e Analista Comportamental Larissa Miranda, para explicar como identificar a compulsão e dando dicas para amenizar o problema. “O devedor compulsivo é aquela pessoa que gasta mais do que tem, além de gastar mesmo quando não que gastar”, comenta Larissa. O Financista do Canal, Fabrizio Gueratto, questiona a Psicóloga sobre como identificar se uma pessoa é compulsiva ou somente enrolada financeiramente. “Normalmente, é quando se começa a ter prejuízo na vida financeira, quando começa a dever para banco, cartão de crédito, o nome fica sujo, além de precisar esconder as compras. A pessoa que compra acaba comprando muito, e ela acaba sentindo vergonha do que comprou”, explica.

Leia o conteúdo completo clicando aqui.

Leia também: Venda de crédito de dívida ativa prevista em PEC da regra de ouro é inconstitucional, diz PGFN.

Última atualização por Fabrizio - 27/09/2019 - 19:43

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto