Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Devo sair do meu emprego? Ex-executiva da Amazon (AMZN) e Microsoft (MSFT) dá dicas para identificar se você deve pedir demissão

Gabriela Mackert Occhipinti
08/04/2022 - 14:23
Amazon e emprego
Ex-executiva da Amazon dá dicas de como saber se você deve sair do seu emprego (Imagem: Yender Gonzalez/Unsplash)

A busca por um novo emprego pode gerar muito estresse e ansiedade. Assim como ao pensar se deve (ou não) deixar seu trabalho, é preciso ponderar se vai ficar ou ir pelos motivos certos.

Ter um emprego posicionado tanto para o sucesso quanto para a satisfação pode ser um desafio, mas a ex-executiva da Amazon (AMZN) e da Microsoft (MSFT; MSFT34), Neima Shahidy, dá dicas de como chegar nesse denominador comum entre a vida profissional e pessoal.

1. Escolha suas oportunidades de trabalho da mesma forma que escolhe um lugar para morar

No processo de busca por uma nova residência, as pessoas, geralmente, listam uma série de desejos como: ser perto do trabalho, em um bairro tranquilo e outros.

Shahidy defende que, assim como elegemos prioridades e critérios na busca por um lugar para morar, temos que ter a mesma atitude na procura por um emprego.

“Pensamento ‘isto versus aquilo’. Anote as coisas que são mais importantes para você e use-as como uma bússola. Avalie todas as oportunidades para saber se elas o aproximam ou não do que você deseja. Se isso não acontecer, filtre”, aconselha ela em um artigo para a Fast Company.

2. Foco na trajetória

Como profissionais em busca de recolocação, as pessoas tendem a se concentrar em coisas práticas como a remuneração, empresa e título. Esses fatores não são desprezíveis e, muitas vezes, a necessidade de não priorizá-los pode ser um privilégio.

A profissional com passagens pela Amazon e Microsoft, ressalta, nesse sentido, que, em última análise, você trabalha com pessoas e elas tendem a ter o maior impacto em sua trajetória geral de carreira.

“Pessoas que te ensinam muito e te ajudam a ser o seu melhor, atuam como multiplicadores na sua trajetória de carreira”, afirma.

Durante os processos para um novo trabalho, Shahidy indica que você faça a si mesmo três perguntas:

  1. Das pessoas com quem falei, elas me trataram com respeito?
  2. Eles têm diversidade no jogo e um histórico de crescimento para pessoas como eu?
  3. Tenho a sensação de que posso aprender muito com eles?

3. Se você está se sentindo esgotado, faça algo sobre isso

A resiliência é importante em momentos desafiadores profissionais, presentes em qualquer área, para alcançar o seu domínio e maximizar seu impacto.

Mas, se você sente que o seu ofício o esgota por semanas, o primeiro passo é olhar para dentro e perguntar: alguma coisa mudou em mim ou nas minhas prioridades?

O segundo passo, como aconselha a executiva, é olhar para o trabalho. Um questionamento a se fazer é: alguma coisa mudou no papel ou é materialmente diferente do que esperava?

Há pessoas que vão embora ao primeiro sinal de problemas e outras que ficam muito tempo. Não seja nenhuma das duas, pontua Shahidy.

“No meu último trabalho na Amazon, percebi que estava me sentindo esgotada. Para muitas pessoas, o papel que eu tinha era de um emprego dos sonhos, mas eu não estava aprendendo no ritmo que queria. Percebi que o que mudou fui eu”, diz ela.

Os empregos não serão perfeitos o tempo todo, mas, se você está em um que não o deixa feliz por um longo período de tempo, você tem opções. Fazer algo a respeito é o fundamental, orienta a executiva.

Última atualização por Tamires Vitorio - 08/04/2022 - 14:23

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de carreira?
Receba todo domingo as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto