Economia

Gasolina a R$ 3,65: ‘Dia Livre de Impostos’ expõe o peso dos tributos nas compras do brasileiro; confira

07 jun 2024, 15:06 - atualizado em 07 jun 2024, 15:06
gasolina diesel dia livre de impostos taxação
Iniciativa da CNDL prevê conscientização de carga tributária cobrada no Brasil (Foto: Reuters/Adriano Machado)

Iniciativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e das Câmaras de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) de todo o Brasil, o “Dia Livre de Impostos” já se tornou uma data tradicional do varejo para expor o peso dos tributos sobre o consumo no país.

Em São Paulo, cerca de 5 mil litros de gasolina foram vendidos sem impostos a R$ 3,65 nesta quinta-feira (6). No total, 250 veículos pararam para abastecer no Posto de Gasolina Ale (Go Petro), que participou da iniciativa.

Além do abastecimento de veículos, diversos estabelecimentos brasileiros apresentaram descontos. A Casas Bahia, por exemplo, ofereceu entre 10% a 15% de desconto em ofertas selecionadas.

  • 850 mil brasileiros já estão recebendo, todos os dias, as atualizações mais relevantes do mercado financeiro. Você é um deles? Se a resposta for não, ainda dá tempo de “correr atrás do prejuízo”. Clique aqui para começar a receber gratuitamente.

Segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), em 2024, o percentual de gastos para pagar tributos pelos brasileiros chegou a 40,71%.

Para pagar impostos, taxas e contribuições exigidas pelos governos federal, estadual e municipal, seria necessário trabalhar por 4 meses e 28 dias, em média.

Para o presidente da Federação da Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Paulo, Maurício Stainoff, “É importante que o consumidor entenda que os tributos não são apenas um custo para as empresas, mas acabam refletindo nos preços finais dos produtos, afetando diretamente o bolso dos brasileiros”.

Impostos da gasolina chegam a 39%

O Dia Livre de Impostos ocorre há 18 anos. No ano passado, foram mais de 50 mil lojas participantes e movimentação de R$ 2 bilhões.

Antes da quinta-feira, o litro de gasolina na capital estava sendo vendido na faixa de R$ 5,63. Desse modo, o desconto aos clientes no posto que participou da iniciativa chegou a R$ 1,98.

Segundo a Fecombustíveis, a gasolina possui uma média de 39,0% em tributação, sendo que a maioria da porcentagem (27,1%) surge a partir do ICMS, que varia conforme cada estado.

Logo atrás, está o etanol, que possui uma tributação de em média 24,3%.

Estagiária
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.