Diferencial de base não sustenta trazer boi para morrer em São Paulo

18/06/2021 - 16:08
Boi ficou mais caro também em outras regiões e não comoensa trazer para SP (Imagem: Reprodução/Embrapa)

Trazer boi de outros estados para morrer em São Paulo está fora de cogitação pelas indústrias.

Não cobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) interestadual e, também, não sobra para o frete.

Mesmo em estados mais próximos e em muitas épocas os maiores provedores de boi para as unidades frigoríficas paulistas. Em primeiro lugar, Mato Grosso do Sul, estado que uma régua do mercado aponta como diferencial ideal acima de 11%.

Os diferenciais de base das principais praças produtoras para o principal centro consumidor estão com defasagens curtas – o que demostra a falta de animais em todas as origens -, tomando como base as cotações levantadas pelo Balizador GPB Datagro.

A @ do boi nesta quinta estava em de R$ 317,50 em São Paulo e o diferencial de base do Mato Grosso do Sul estava menos 1,61%.

A defasagem mais longa era de Goiás, em 4,91%.

Entre as desses dois estados, estavam a do Mato Grosso e Minas Gerais, de 2,46% e 2,72%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 18/06/2021 - 16:08

Pela Web