ImóvelTimes

Direcional bate recorde de lançamentos no 2º trimestre, com R$ 785 milhões

13 jul 2021, 9:31 - atualizado em 13 jul 2021, 9:31
Direcional
Novo marco: Direcional acelera o passo para superar a crise (Imagem: Direcional/Divulgação)

A Direcional Engenharia (DIRR3) não viu a cara da crise no segundo trimestre. A incorporadora fechou o período com 13 empreendimentos lançados, que somam R$ 785 milhões em Valor Geral de Vendas (VGV). Quando se considera apenas a participação da Direcional, o VGV soma R$ 660 milhões.

A cifra é 123% maior que a do mesmo período do ano passado, e 36% superior à do primeiro trimestre. Com isso, a companhia estabeleceu seu novo recorde de VGV, superando a marca anterior, estabelecida no quarto trimestre de 2020.

No acumulado do primeiro semestre, a empresa alcançou R$ 1,4 bilhão em lançamentos. Trata-se de um salto de 177% sobre os R$ 491 milhões lançados no mesmo intervalo de 2020.

A prévia operacional mostra que a Riva, marca da Direcional para o segmento de imóveis populares, ganhou tração. Entre abril e junho, ela respondeu por R$ 188 milhões em lançamentos, ante R$ 126 milhões no primeiro trimestre.

Veja os números divulgados pela Direcional nesta terça-feira (13).

Diretor de Redação do Money Times
Ingressou no Money Times em 2019, tendo atuado como repórter e editor. Formado em Jornalismo pela ECA/USP em 2000, é mestre em Ciência Política pela FLCH/USP e possui MBA em Derivativos e Informações Econômicas pela FIA/BM&F Bovespa. Iniciou na grande imprensa em 2000, como repórter no InvestNews da Gazeta Mercantil. Desde então, escreveu sobre economia, política, negócios e finanças para a Agência Estado, Exame.com, IstoÉ Dinheiro e O Financista, entre outros.
Linkedin
Ingressou no Money Times em 2019, tendo atuado como repórter e editor. Formado em Jornalismo pela ECA/USP em 2000, é mestre em Ciência Política pela FLCH/USP e possui MBA em Derivativos e Informações Econômicas pela FIA/BM&F Bovespa. Iniciou na grande imprensa em 2000, como repórter no InvestNews da Gazeta Mercantil. Desde então, escreveu sobre economia, política, negócios e finanças para a Agência Estado, Exame.com, IstoÉ Dinheiro e O Financista, entre outros.
Linkedin