Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Dividendos da Vale mostram que ação está altamente subvalorizada

19/06/2021 - 15:40
Vale
Para Ágora Investimentos, a remuneração total dos acionistas nos próximos três trimestres deve girar em torno de US$ 20 bilhões (Imagem: Vale/Instagram)

A Vale (VALE3) confirmou sua fama de boa pagadora de dividendos e irá distribuir R$ 2,17 por ação, um dividend yield, que mede o rendimento do provento, de 2,1%. O número, segundo analistas, é positivo e mostra o poder de fogo da maior mineradora brasileira.

De acordo com o BTG, considerando os avanços da empresa no campo ESG (dados ambientais, sociais e de governança corporativa) e os dividendos, as ações estão baratas, com 3 vezes o EV/Ebitda (que mede o valor da empresa) de 2022, desconto de 30% a 35% sobre os pares.

Já a XP estima que a Vale distribua US$ 4,33 bilhões em setembro de 2021 (yield de 4%).

“Continuamos vendo uma diferença relevante entre geração de caixa e a distribuição de dividendos. Para 2021, esperamos um retorno com fluxo de caixa de 15%, considerando a média do minério de ferro de US$ 135 por tonelada”, apontam os analistas Yuri Pereira e Thales Carmo.

Para Ágora Investimentos, a remuneração total dos acionistas nos próximos três trimestres deve girar em torno de US$ 20 bilhões, representando aproximadamente 20% do valor de mercado atual da Vale de US$ 107 bilhões.

“Estava dentro de nossas expectativas de que a Vale distribuiria outro dividendo extraordinário em 2021, dadas as condições de mercado excepcionalmente fortes e baixa alavancagem”, dizem os analistas Thiago Lofiego e Luiza Mussi.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 19/06/2021 - 15:53

Pela Web