AgroTimes

Dividendos, ‘descontão’ e salto na bolsa: As 3 ações que dividem pódio entre as mais recomendadas do agro para 21 casas

08 jun 2024, 10:00 - atualizado em 06 jun 2024, 17:59
ações agro
Para junho, foram indicadas 11 ações do agro, somando 25 recomendações; confira as ações favoritas entre os analistas (Imagem: Reuters/Stringer)

As ações da Cosan (CSAN3), Suzano (SUZB3) e JBS (JBSS3) lideram as indicações entre as ações do agronegócio com base em 21 carteiras recomendadas divulgadas em junho e compiladas pelo Money Times.

Cada uma das empresas receberam quatro indicações. Os destaques para empresas ficam por conta dos dividendos anunciados para Cosan, a disparada da JBS no mês de maio e o desconto para as ações da Suzano.

Entre as companhias que correm por fora neste mês, destaque para BrasilAgro (AGRO3) e a Klabin (KLBN11), que somam três recomendações cada.

  • Pensando em investir no agro? Confira a lista de melhores ações segundo a Empiricus Research e descubra qual é a empresa do setor que não pode faltar no seu portfólio. Clique AQUI para acessar gratuitamente.

Cosan paga dividendos

Após a Cosan (CSAN3) apresentar um prejuízo líquido consolidado contábil de R$ 192 milhões no primeiro trimestre de 2024 (1T24), a XP Investimentos ressaltou que segue com sua recomendação compra para as ações da Cosan, com preço-alvo de R$ 31,80 e potencial de alta de 127,96%.

Para o Safra, que conta com recomendação de compra (outperform) para as ações, com alvo de R$ 24 e potencial de alta de 73%, uma esperada desalavancagem gradual deve beneficiar as ações da Cosan nos próximos trimestres.

Além disso, para o banco, uma possível listagem de suas empresas privadas seria um provável gatilho para uma melhor fixação de preços no portfólio da empresa.

Um dia após os seus resultados do 1T24, a empresa também comunicou que pagará R$ 840 milhões em dividendos, no valor por ação de R$ 0,45147654.

Hora de comprar Suzano?

De 6 de maio até 5 de junho, a Suzano (SUZB3) perdeu R$ 16,480 bilhões em valor de mercado, segundo levantamento da Elos Ayta Consultoria. O tombo acontece após a notícia sobre uma possível oferta de US$ 15 bilhões (R$ 79 bilhões, no câmbio atual) pela International Paper (IP). 

Na avaliação do BTG Pactual, a Suzano agora negocia com desconto de 37% para a Klabin (KLBN11), aproximadamente 35% para produtores chilenos, 42% para a IP e até mesmo um desconto de 20% para a Irani (RANI3). Dessa forma, a companhia se tornou o produtor de celulose com maior desconto no mundo.

O BTG recomenda compra para Suzano, com alvo de R$ 82. O banco ressalta que não conta com informações sobre o possível negócio e atribuí uma probabilidade relevante de que as negociações fracassem no futuro.

“Acreditamos que a administração ainda merece o benefício da dúvida e acreditamos que seu histórico de sucesso na alocação de capital merece nosso reconhecimento.”

JBS foi um dos destaques do Ibovespa em maio

Segundo levantamento da Elos Ayta Consultoria, a JBS foi a segunda empresa com maior crescimento de valor de mercado em maio na B3, em R$ 11,9 bilhões, atrás apenas do Nubank (ROXO34), que teve um incremento de R$ 25,895 bilhões. No mês passado, as ações subiram 23,04%.

Na visão de Pedro Fonseca, analista de Agro, Bebidas e Alimentos na XP Investimentos, as ações de JBS tiveram uma performance positiva, refletindo fortes resultados que vieram acima das expectativas do mercado.

Entre os fundamentos favoráveis, estão os custos favoráveis para frango e carne bovina no Brasil, principalmente porque a demanda tanto doméstica quanto internacional permanece sólida.

No primeiro trimestre de 2024, o frigorífico reportou lucro de R$ 1,6 bilhão, revertendo prejuízo de R$ 1,4 bilhão do mesmo período do ano passado.

As ações mais indicadas em junho

Entre as 17 companhias listadas na B3 que integram a carteira recomendada do agronegócio, 11 tiveram ao menos uma recomendação de compra para o mês de junho.

Empresa Ticker Indicações
Suzano SUZB3 4
JBS JBSS3 4
Cosan CSAN3 4
BrasilAgro AGRO3 3
Klabin KLBN11 3
Marfrig MRFG3 2
SLC Agrícola SLCE3 2
Ambev ABEV3 1
BRF BRFS3 1
Camil CAML3 1
Boa Safra SOJA3 1

Levantamento

O levantamento do Money Times foi realizado com base em informações de carteiras recomendadas de ações divulgadas por 21 instituições. Para junho, foram indicadas 11 ações do agro, somando 25 recomendações.

Participaram do levantamento:  Ágora Investimentos, Ativa Investimentos, BB Investimentos, BTG Pactual, CM Capital, EQI Research, Empiricus Research, Genial Investimentos, Itaú BBA, Levante, My Cap, Nova Futura, Órama, RB Investimentos, PagBank, Planner, Safra, Santander, Terra, XP Investimentos, Daycoval

Repórter
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.