Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Dólar abaixo de R$ 5: Moeda americana vai cair mais? É hora de comprar?

Giovana Leal
21/03/2022 - 17:01
Dólar abaixo de R$ 5
Dólar registra uma das mínimas mais relevantes nos últimos dois anos (Imagem: unsplash/@alexandratimis)

O real brasileiro voltou a ganhar força frente ao dólar. A moeda americana, que atingiu seu patamar mais elevado após o anúncio da pandemia, alcançando o valor de R$ 5,85 em fevereiro de 2020, era negociado abaixo dos R$ 5 nesta segunda-feira (21), registrando uma das mínimas mais relevantes nos últimos dois anos.

De acordo com Mariana Gonzalez, especialista em mercado financeiro do ISAE Escola de Negócios, conveniado com a FGV, uma combinação de fatores locais e externos trouxe um forte fluxo de capital estrangeiro que contribuiu para o ganho de força do real, entre eles a alta da taxa de juros básica.

“Em termos de juros, sempre fomos um país atraente do ponto de vista do investidor estrangeiro, com uma das mais altas taxas do mundo comparado aos pares emergentes. Agora, com a Selic a 11,75% e com possibilidade de ultrapassar 13% ainda neste ano, mais ainda”, afirma Gonzalez.

Outro fator importante é o preço descontado das empresas brasileiras na bolsa de valores, que atraem grande fluxo de capital estrangeiro não só para renda fixa.

O economista chefe da Valor Investimentos, Davi Lelis, ainda destaca que os preços das commodities, que dispararam com a invasão na Ucrânia, e os números positivos nas exportações também são responsáveis pela valorização da moeda brasileira.

“O Brasil tem vendido mais commodities e por valores mais elevados, fazendo com que entrem mais dólares no país, devido às exportações. Isso faz com que a moeda se torne mais abundante no país, e, junto com a atratividade da renda fixa, o preço da moeda caía”, comenta.

O dólar vai cair mais?

Gonzalez, do ISAE, não enxerga sinais de que o dólar deva continuar em patamares mais baixos ou mesmo ter um novo recuo.

“Podemos presenciar forças contrárias voltando a elevar o câmbio, como por exemplo a inflação americana pressionando o Banco Central a subir suas taxas de juros”, aponta.

Além disso, Gonzalez destaca que o cenário político brasileiro segue desfavorável, devido à aproximação das eleições, o abandono das reformas estruturais e a constante ameaça ao teto de gastos. “Isso pode reverter o fluxo positivo do real”, completa.

Lellis, da Valor Investimentos, ainda ressalta que a queda do dólar acontece especificamente no Brasil. “O real foi uma piores moedas em 2021, e esse movimento de correção faz com que a moeda se fortaleça em relação ao dólar. Importante frisar que esse não é um movimento de enfraquecimento mundial do dólar”, afirma.

A perspectiva é de que a moeda americana encerre o ano próximo a R$ 5,30, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central.

É hora de comprar a moeda?

Na análise de Lelis, visando um investimento de médio e longo prazo, este é um bom momento para comprar a moeda. “Não compre tudo de uma vez, vá comprando aos poucos. Compre de 20% em 20%, pois se o dólar continuar caindo, você vai aproveitando cada vez um preço melhor”, aconselha.

O economista ainda destaca que é interessante ter a moeda na carteira, visando diversificação.

No entanto, o sócio-fundador e analista da Benndorf, Victor Benndorf, alerta que se forem retirados o fluxo de internalizações de lucro e a procura pela renda fixa e por uma bolsa mais barata, os fundamentos macroeconômicos brasileiros — eleição, projeção fiscal apertada e necessidade de gastos adicionais — favorecem o dólar.

“Enquanto vemos a oportunidade de compra, ainda não vemos o timinig. O ideal é aguardar uma reversão positiva e uma diminuição do fluxo internacional no Brasil”, diz o analista.

Disclaimer

O Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Última atualização por Márcio Juliboni - 21/03/2022 - 17:01

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto