Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Dólar cai frente outras moedas apesar de dados otimistas dos EUA

17/11/2017 - 13:12

Investing.com – O dólar permanecia em baixa frente outras importantes moedas nesta sexta-feira, já que preocupações com a investigação sobre a campanha presidencial de Donald Trump continuavam a pesar sobre a moeda norte-americana mesmo com a divulgação de dados positivos em relação ao setor imobiliário dos EUA.

Nesta sexta-feira, o Escritório de Estatísticas dos EUA (U.S. Census Bureau) informou que as licenças de construção e a construção de casas novas tiveram aumento maior do que o esperado no mês passado.

No entanto, a percepção sobre moeda norte-americana permanecia frágil após informações de que a campanha eleitoral de Donald Trump, presidente norte-americano, foi intimada a fornecer documentos em uma investigação em andamento relacionada com possível interferência russa nas eleições presidenciais de 2016.

O Wall Street Journal informou, na quinta-feira, que Robert Mueller, procurador especial, intimou mais de uma dezena de funcionários da campanha.

Robert Mueller está atualmente conduzindo uma investigação sobre tentativas do governo russo interferir nas eleições de 2016 e possível conspiração com a campanha presidencial de Donald Trump.

Além disso, a Câmara de Representantes dos EUA aprovou um grande pacote de cortes de impostos, que agora será debatido no Senado.

Entretanto, investidores ainda permaneciam cautelosos, já que a maioria republicana é menor no Senado e nenhuma ação decisiva deverá ocorrer antes do feriado do Dia de Ação de Graças na semana que vem.

índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, tinha queda de 0,10% e chegava a 93,75 às 11h35, não muito distante de 93,31, mínima de três semanas atingida na quarta-feira.

O par EUR/USD estava pouco alterado a 1,1778, ao passo que o par GBP/USD também permanecia estável em 1,3187.

Em um discurso na manhã desta sexta-feira, Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu, afirmou que o banco central precisa ser paciente ao normalizar a política monetária.

Draghi também afirmou que o programa de compra de títulos do BCE poderia continuar além de setembro de 2018 “se necessário, e em qualquer situação até que vejamos um ajuste sustentável na trajetória da inflação”.

Os comentários foram feitos um dia após dados oficiais mostrarem que os preços ao consumidor na zona do euro subiram em taxa anual de 1,4% em outubro, em queda a partir de 1,5% em setembro e abaixo da meta do BCE de quase 2%.

Além disso, o par USD/JPY recuava 0,34% para 112,66, ao passo que o par USD/CHFcaía 0,15% para 0,9923.

O dólar australiano e o dólar neozelandês estavam mais fracos, com o par AUD/USD em baixa de 0,59%, negociado a 0,7543, e o par NZD/USD caindo 0,86% para 0,6789.

Enquanto isso, o par USD/CAD avançava 0,16% para 1,2777 após o Statistics Canada afirmar que os preços ao consumidor subiram 0,1% em outubro, o que se alinha às expectativas.

Em relação ao ano passado, os preços ao consumidor subiram 1,4%, também conforme esperado.

Leia mais sobre: ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 17/11/2017 - 13:12

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto