Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Dólar está mais para R$ 6 do que R$ 5,50, avalia Bank of America

23/05/2020 - 21:13
Dólar
Os bloqueios de contato social podem permanecer até junho ou julho e prejudicar a retomada da economia (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

Para o Bank of America, que espera mais um corte da Selic no mês que vem, em 75 pontos-base para 2,25% ao ano, e uma queda de 7,7% para o PIB em 2020, o dólar no Brasil custará em torno de R$ 6 no segundo trimestre. Depois, R$ 5,90 no terceiro trimestre e R$ 5,85 no último e no primeiro de 2021.

A moeda americana terminou a última sexta-feira (22) negociada a R$ 5,53.

Os estrategistas Claudio Irigoyen e Gabriel Tenorio avaliam que os bloqueios de contato social podem permanecer até junho ou julho como resultado do número crescente de casos e mortes de covid-19. Como resultado, o lado fiscal deve se deteriorar dramaticamente.

“Do lado político, o governo Bolsonaro perdeu três ministros no meio da crise. O barulho político provavelmente permanecerá enquanto o Procurador Geral da República (PGR) coleta evidências para decidir se ele apresentará uma acusação formal contra Jair Bolsonaro e o ruído político pode afetar a agenda de reformas e a normalização fiscal no próximo ano”.

Projeções do Bank of America para as moedas da América Latina

Fonte: Bank of America

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 23/05/2020 - 21:14