Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Dono do Frango Assado, KFC e Pizza Hut vê prejuízo crescer 20% no 1° trimestre

13/05/2021 - 9:00
KFC
O aumento de 20% no saldo negativo da empresa neste início de ano foi pressionado pelos impactos da
pandemia de Covid-19 nas operações (Imagem: Unsplash/@aleksdorohovich)

O IMC (MEAL3), dono das marcas Frango Assado, KFC e Pizza Hut, fechou o primeiro trimestre com um prejuízo líquido de R$ 55,4 milhões, contra um prejuízo líquido de R$ 46,1 milhões um ano antes, conforme dados do balanço corporativo.

O aumento de 20% no saldo negativo da empresa neste início de ano foi pressionado pelos impactos da
pandemia de Covid-19 nas operações, explica a companhia.

O Ebitida ajustado (lucro antes de impostos, desconsiderando efeitos não recorrentes) atingiu R$ 9,9 milhões no trimestre com margem de 3,1% ante R$ 23,7 milhões e margem de 6,5% no mesmo período do ano passado.

Já a receita líquida do IMC recuou 12% nos primeiros três meses de 2021, impactada pelo fechamento momentâneo de lojas no País, que foi parcialmente compensado pela melhora de tráfego nos EUA. O indicador somou R$ 321 milhões.

O fluxo de caixa de operações da empresa teve saldo negativo de R$ 12 milhões no período, impactado pela desalavancagem operacional, ante o valor também negativo de R$ 39 milhões um ano antes.

As limitações de fluxo, inevitavelmente, impactaram o volume de vendas e pressionaram as margens do IMC pela desalavancagem operacional aliada à inflação de alimentos.

“Por outro lado, as diversas iniciativas implementadas ao longo do último ano nos ajudaram a encarar essa segunda onda de forma mais estruturada e ágil”, conclui a companhia.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 13/05/2021 - 9:00

Pela Web