Futebol

EA Sports FC 24: Por que o novo FIFA não se chamará FIFA 24? Parceria chega ao fim após 30 anos

07 ago 2023, 12:18 - atualizado em 07 ago 2023, 12:18
FIFA EA Sports
O game de futebol mais popular do planeta tem um novo nome após a FIFA exigir US$ 300 milhões ao ano; jogo conta com 14 equipes brasileiras (Foto: EA/Divulgação)

No final do próximo mês, no dia 29 de setembro, está marcado o lançamento do EA Sports FC 24. O jogo é popularmente conhecido apenas como “FIFA”, sigla da Federação Internacional de Futebol, entidade máxima do futebol no mundo.

No entanto, o nome da Federação não estará no título deste ano. Em maio de 2022, a empresa norte-americana e a FIFA anunciaram o fim da parceria que começou em 1993 e dava nome a um dos games mais populares do mundo.

A EA Sports pagava US$ 150 milhões ao ano à FIFA, para assim, utilizar o nome da entidade como título do jogo.

No entanto, de acordo com reportagem do The New York Times, a FIFA exigiu uma nova verba de US$ 300 milhões ao ano, o dobro do acordado anteriormente, além de mudanças no contrato de exclusividade da companhia no jogo. 

Até então, a parceria com a EA Sports se tratava do maior acordo comercial da FIFA. 

Clubes brasileiros

Até o momento, a EA Sports confirmou a presença apenas dos clubes brasileiros que se classificaram para as edições de 2023 da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana.

Sendo assim, foram confirmados no jogo os seguintes clubes do Brasil:

  • Flamengo
  • Palmeiras
  • Atlético-MG
  • Corinthians
  • Internacional
  • Athletico-PR
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • São Paulo
  • Botafogo
  • América-MG
  • Red Bull Bragantino
  • Goiás
  • Santos

Por fim, não há confirmação se os jogadores dos clubes brasileiros terão seus nomes e faces disponibilizadas no jogo. 

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.