Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Eletrobras cai com recusa de repasse da Aneel e possibilidade de adiar leilão

13/08/2018 - 11:34

Eletrobras

Por Investing.com – Diante da possibilidade de adiamento do leilão das distribuidoras da Eletrobras (ELET3), e da negativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de ressarcir a estatal, as ações da companhia operam mais uma vez em forte baixa de 2,43% a R$14,85, estando assim entre os destaques negativos do Ibovespa.

De acordo com a agência reguladora, a Eletrobras não terá direito a ressarcimento de despesas que teve com as distribuidoras de energia nos últimos dois anos. O aviso foi feito pelo diretor-geral, em ofício enviado ao Ministério de Minas e Energia (MME). A estatal acredita ter direito a um ressarcimento de cerca de R$ 5 bilhões pelo período anterior a agosto de 2018.

A maior questão é que o governo garantiu a compensação dos custos na gestão de distribuidoras de Norte e Nordeste para o período entre 1.º de agosto e 31 de dezembro deste ano em caso de liquidação dessas companhias.

A Eletrobras desejava estender o benefício de forma retroativa mesmo com a privatização das distribuidoras. O documento deixa claro, no entanto, que a chamada “neutralidade econômica”, que garante o reembolso, só ocorrerá na hipótese de liquidação das distribuidoras e, ainda assim, apenas no período entre agosto e dezembro deste ano.

Adiamento

O leilão para a privatização de quatro distribuidoras de energia da Eletrobras agendado para 30 de agosto pode ser adiado se um projeto de lei visto como essencial para viabilizar a venda das empresas não for aprovado pelo Senado nas próximas duas semanas, disse à Reuters na última sexta-feira uma fonte com conhecimento direto do assunto.

A matéria já foi aprovada na Câmara dos Deputados, mas o presidente do Senado, Eunício Oliveira, resolveu encaminhar o texto para apreciação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) antes de levá-lo para discussão no Plenário, o que ameaça o cronograma para deliberação da proposta a tempo para o leilão.

Especialistas dizem que o leilão dificilmente atrairia interessados sem a aprovação do projeto, que resolveria passivos das empresas junto a fundos do setor elétrico, e analistas do banco UBS escreveram em relatório na quinta-feira avaliar que o certame “provavelmente será postergado”.

Com Reuters.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Victor Fermino - 13/08/2018 - 11:36

Cotações Crypto
Pela Web