BusinessTimes

Eletrobras (ELET3), CVC (CVCB3) e outras empresas para ficar de olho hoje

07 jun 2022, 8:49 - atualizado em 07 jun 2022, 8:49
Privatização eletrobras
A precificação da oferta da Eletrobras, que pode alcançar R$ 35 bilhões, está marcada para quinta. (Imagem: Reprodução)

A Eletrobras (ELET3) é uma das empresas no radar dos investidores nesta terça-feira (7), após a empresa confirmar que realizará uma oferta de ações, que culminará com a privatização da companhia.

O anúncio foi feito na segunda, depois que detentores de debêntures de Furnas, subsidiária da estatal, aprovaram em assembleia a realização de um aumento de capital na Santo Antônio Energia.

A concessão de “waiver” dos debenturistas para o aporte de capital de quase 1,6 bilhão na concessionária que opera a hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira (RO), era necessária em razão do impacto que poderia gerar sobre Furnas e Eletrobras.

“De acordo com as assembleias gerais de titulares de debêntures da 1ª Emissão de Debêntures de Furnas realizadas em 30 de maio e 6 de junho de 2022, tal aprovação foi devidamente obtida, nos termos da Escritura de Emissão”, disse a Eletrobras em comunicado.

A precificação da oferta, que pode alcançar R$ 35 bilhões, está marcada para quinta-feira (9).

CVC

CVC (CVCB3) informou que suas reservas confirmadas de maio cresceram 19% em relação ao mês anterior, para a melhor performance mensal desde janeiro de 2020.

Em dados operacionais preliminares, a companhia informou ainda que as reservas confirmadas no bimestre abril e maio equivalem a 152% daquelas registradas no segundo trimestre do ano passado.

Segundo a CVC, o crescimento nas reservas confirmadas deve-se, principalmente, a retomada da demanda por viagens de turismo e de eventos corporativos, flexibilização de restrições para viagens nacionais e internacionais, reabertura da temporada de cruzeiros 22/23, retomada de eventos culturais e corporativos, recomposição de malha aérea e ampliação da oferta de voos exclusivos.

Grupo Mateus, PetroRio e BRMalls

Grupo Mateus (GMAT3) informou que abriu duas lojas em abril e maio, nos estados do Pará e no Maranhão. O grupo encerrou o mês de maio com 220 lojas em operação.

PetroRio (PRIO3) formalizou a compra de uma sonda semissubmersível híbrida da Aquadrill, em um contrato de US$ 4 milhões. A petroleira já havia comunicado em maio a intenção de adquirir a sonda.

A BRMalls (BRML3) informou que seu conselho de administração, eleito em 29 de abril, deliberou nesta segunda-feira, por maioria, o plano de retenção de até R$ 50 milhões no âmbito da fusãocom a Aliansce Sonae.

*Com Estadão Conteúdo e Reuters

Editor
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com MBA em finanças pela Estácio. Colaborou com revista Veja, Estadão, entre outros.
Linkedin