Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Eletrobras tem forte valorização com governo não vendo impedimentos para leilão

02/07/2018 - 16:06
Foto: Caio Coronel/ Itaipu Binacional

Por Investing.com – As ações da Eletrobras (ELET3) operam com forte valorização de 5,58% a R$ 12,87, na parte da tarde desta segunda-feira na B3, ficando apenas atrás da BRF (BRFS3) entre as maiores altas do Ibovespa. O mercado reage positivamente a notícia de que o governo não vê impedimentos para o leilão das distribuidoras da estatal, marcado para próximo dias 26.

A semana passada, uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a venda de empresas públicas depende de aprovação pelo Congresso.

A interpretação hoje vigente no Ministério de Minas e Energia é de que a licitação poderá ir adiante, exceto pela eventual venda da distribuidora que atende o Estado de Alagoas, a Ceal, que foi alvo de uma liminar em separado assinada também pelo ministro Lewandowski, disse à Reuters nesta segunda-feira o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Marcio Félix.

“Há interpretações diferentes (sobre a liminar), e há interpretações de que não afeta. Esse é nosso entendimento, menos pela Ceal, que existe uma liminar específica… Mas o leilão está marcado, a princípio, vamos trabalhar para isso”, disse ele.

Na sexta-feira, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, disse a jornalistas avaliar que a liminar do STF contra privatizações poderia impactar a venda das distribuidoras da Eletrobras e que o governo buscaria derrubar a decisão.

A fala de Félix, no entanto, mostra que essa interpretação já está superada na pasta.

A procuradora federal e consultora jurídica junto ao Ministério de Minas e Energia, Renata Beckert Isfer, escreveu em sua página no LinkedIn que a decisão de Lewandowski não afeta o leilão das distribuidoras ao exigir autorização legal prévia para a venda de estatais.

“O leilão das distribuidoras está previsto na Lei 12.783/2013. Mais que isso, todas as distribuidoras têm previsão inclusive em lei específica, o que sequer seria necessário pela decisão”, afirmou.

A Eletrobras afirmou em comunicado ao mercado na noite de quinta-feira que ainda avalia o eventual efeito da decisão do STF sobre a venda de suas distribuidoras. A estatal adicionou, no entanto, que “adotará todas as medidas necessárias” para seguir com a licitação da Ceal.

Com Reuters.

Leia mais sobre: ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 02/07/2018 - 16:06

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto