Bilionários

Elon Musk perde novamente posto de homem mais rico do mundo, segundo a Forbes; veja o top 1

06 jun 2024, 13:12 - atualizado em 06 jun 2024, 14:05
ELON MUSK BILIONÁRIO homem mais rico do mundo
Bernard Arnault toma posto de homem mais rico do mundo de Elon Musk (Imagem: REUTERS/Guglielmo Mangiapane)

Elon Musk perdeu novamente o posto de homem mais rico do mundo. Na segunda-feira (3), o dono da Tesla, do X e da SpaceX havia desbancado Bernard Arnault, mas hoje (6) o presidente da LVMH voltou a ocupar o primeiro lugar da lista.

Segundo o ranking de bilionários da Forbes, o patrimônio de Musk derrete US$ 160 milhões (0,08%) nesta quinta-feira, somando US$ 208,4 bilhões. Já Arnault, na contramão, vê sua fortuna aumentar em US$ 2,6 bilhões (1,25%), totalizando US$ 209,3 bilhões.

Os patrimônios dos acompanham as ações de suas respectivas empresas. Os papéis da Tesla (TSLA) recuavam mais cedo na Nasdaq e agora esboçam leve alta de 0,08%, cotados a US$ 175,15, enquanto as ações da Louis Vuitton (LVMH) valorizam 1,34%, a € 762,70, na bolsa de Paris.

Jeff Bezos, CEO da Amazon, segue no terceiro lugar na lista dos mais ricos do mundo, com uma bolada de US$ 201,5 bilhões. Mark Zuckerberg e Larry Ellison, respectivamente, fecham o top 5, com fortunas de US$ 174 bilhões e US$ 153,1 bilhões.

Polêmicas de Musk

Além de farpas com Alexandre de Moraes, do STF, e apoiar o presidente argentino Javier Milei, na última quinta (30), o bilionário resolveu sua última briga judicial com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês).

Musk concordou em depor na investigação do órgão regulador sobre sua aquisição do X (Twitter, na época), em 2022. Em outubro, a SEC processou o empresário para obrigá-lo a depor, depois de se recusar a comparecer a uma entrevista para a investigação em setembro. De acordo com Musk, o órgão estava tentando “assediá-lo” por meio de investigações injustificadas.

Segundo documentos judiciais da SEC, o bilionário já tem uma data marcada para ser interrogado. O empresário concordou em não recorrer da decisão judicial que o obrigou a cumprir a intimação da agência.

Além disso, na última semana, Musk ofereceu visitas à fábrica da Tesla para 15 acionistas votarem em seu pacote de remuneração de US$ 56 bilhões. A visita ocorrerá neste mês, sendo um esforço da fabricante de veículos elétricos para reunir votos de investidores.

*Com Marcela Toniolo Malafaia

Editora-assistente
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Editora-assistente no Money Times e graduanda em Jornalismo pela Unesp - Universidade Estadual Paulista. Entrou para a área de finanças e investimentos em 2021.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.