Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Elon Musk terá dificuldade em encontrar níquel limpo

29/08/2020 - 14:22
Elon Musk-Tesla
Enquanto a montadora estende braços de fabricação para China e Alemanha, seu dono bilionário pode ter que contar cada vez mais com o maior fornecedor de níquel: a Indonésia  (Imagem: Wikimedia Commons)

Elon Musk promete um “contrato gigante” com a mineradora que puder fornecer níquel para as baterias de baixo custo e com impacto ambiental mínimo da Tesla, mas o histórico confuso da indústria pode tornar esse negócio difícil de fechar.

Acidentes recentes, como um derramamento de diesel no Ártico da Rússia e um gasoduto rompido em Papua – Nova Guiné, sugerem que a indústria terá dificuldades para atender esse pedido de grande quantidade do metal produzido de forma “eficiente” e “ecologicamente correta”.

Enquanto a montadora mais valiosa do mundo estende braços de fabricação para China Alemanha, seu dono bilionário pode ter que contar cada vez mais com o maior fornecedor de níquel: a Indonésia.

Ainda assim, as mineradoras estão sendo criticadas por planos de bombear resíduos para o mar aberto, o que significa que Musk e outras montadoras podem precisar comprometer os padrões de abastecimento.

“Os projetos de níquel em construção no sudeste da Ásia dependerão de carvão, óleo combustível ou diesel para executar suas operações e deixarão uma pegada de carbono muito grande”, disse Sam Riggall, CEO da Clean TeQ Holdings, que está desenvolvendo uma mina australiana para fornecer níquel para baterias de veículos. “Isso zomba da ideia de dirigir um carro verde e sustentável.”

A Indonésia detém cerca de um quarto de todas as reservas de níquel. Para atender à demanda das montadoras, as empresas estão investindo em projetos que usarão ácido para processar minério de níquel de baixo teor e produzir produtos químicos para baterias de alta qualidade. As mineradoras planejam diluir os subprodutos e conduzí-los para o mar – um processo conhecido como disposição de rejeitos em alto mar.

“Os rejeitos descartados terão um impacto drástico e irreversível nos ecossistemas, na vida marinha e na humanidade”, disse Alex Mojon, presidente da Associação Suíça para a Qualidade e Gestão Ambiental, em relatório de 11 de agosto.

Da mesma forma que os fabricantes de veículos elétricos procuraram reduzir sua exposição ao cobalto da República Democrática do Congo devido a questões de direitos humanos, eles também podem decidir interromper as compras de níquel das minas da Indonésia, disse a consultoria Benchmark Minerals.

“Para um novo suprimento de níquel, Elon e a indústria de baterias procuram a HPAL na Indonésia”, disse Simon Moores, fundador e diretor administrativo da Benchmark Minerals, com sede em Londres, por e-mail. “No entanto, os métodos de eliminação de águas profundas estão cada vez mais colocando essas minas na mesma lista do cobalto artesanal ilegal da RDC.”

A Tesla não respondeu a um pedido de comentário. A fabricante chinesa de baterias GEM, que está desenvolvendo em conjunto com a siderúrgica Tsingshan Holding Group um projeto na Indonésia, não quis comentar. A Tsingshan não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 24/08/2020 - 21:33