Em dia bom para frigoríficos, Marfrig (MRFG3), JBS (JBSS3) e Minerva (BEEF3) sobem nesta quinta

Tamires Vitorio
13/01/2022 - 19:35

Marfrig MRFG3

Em um dia bom para os frigoríficos (algo raro em 2022), empresas como Marfrig (MRFG3), Minerva (BEEF3) e JBS (JBSS3) tiveram destaque no pregão desta quinta-feira (13).

Destaques no Ibovespa, a Marfrig subiu 5,2%, a Minerva ganhou 3,06% e a JBS avançou 1,73%.

O motivo para isso, segundo os analistas ouvidos pelo Money Times, foi a divulgação sobre o ciclo do gado nos Estados Unidos, que indicaram um bom momento para o setor.

“Hoje foi um dia bastante positivo para os frigoríficos, havendo uma rotação para esse setor. Vimos a Marfrig e a Minerva, que são focadas em bovinos, tendo bons resultados. Eu diria que isso aconteceu mais, realmente, em empresas com foco em bovinos”, afirma Rodrigo Crespi, analista da Guide Investimentos.

O dia no Ibovespa

Vale (VALE3) caiu 1,5%, após duas sessões de alta. Siderúrgicas, metalúrgicas e mineradoras também cederam.

Contratos futuros de minério de ferro fecharam em baixa de 0,7% em Dalian, diante de preocupações sobre a demanda de curto prazo pela matéria-prima siderúrgica.

Petrobras (PETR4) subiu 2% e a ação (PETR3) avançou 2,4%, mesmo com os preços do petróleo em queda após duas sessões de alta.

Petrorio (PRIO3) ganhou 3,1%.

Marfrig (MRFG3) subiu 5,2%, Minerva (BEEF3) ganhou 3,06% e JBS (JBSS3) avançou 1,73%.

BRF (BRFS3) teve alta de 0,7%, com anúncio de acordo com o fundo de investimentos soberano da Arábia Saudita para criar uma joint venture de produção de frangos no Oriente Médio.

Santander Brasil (SANB11) subiu 2,94% em sessão positiva para os grandes bancos.

Itaú Unibanco (ITUB4) avançou 1,85%, depois anunciar compra da corretora digital Ideal.

Itaúsa (ITSA4) teve alta de 2,8%.

Inter (BIDI11)  recuou 9,9%, Locaweb (LSAW3) cedeu 8,4% e Méliuz (CASH3) caiu 4,8%, acompanhando queda dos papéis de tecnologia no exterior.

Rede D’or (RDOR3) subiu 0,5%.

O papel reverteu perdas no meio da tarde, após O Estado de S.Paulo publicar que a empresa norte-americana UnitedHealth negocia vender o controle da Amil e que a disputa no momento está acirrada entre a Rede D’Or, e a família Bueno.

Raia Drogasil (RADL3) caiu 5%, maior queda desde o início de outubro.

Natura (NATU3) caiu 5,1%.

No varejo, Magazine Luiza (MGLU3) cedeu 3,5% e Via (VIIA3) recuou 2,9%.

Moura Dubeux (MDNE3), que não está no Ibovespa, saltou 11,9%, maior alta desde 1° de novembro, após divulgar dados operacionais do quarto trimestre na noite da véspera.

LOG-IN (LOGN3) caiu 12,85%, em dia da conclusão da oferta de aquisição de ações da empresa pela Sas Shipping Agencies Services Sàrl, subsidiária da MSC.

Com Reuters

Última atualização por Renan Dantas - 13/01/2022 - 19:35

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto