Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Em parceria com a corretora BTSE, Brave New Coin lança novo índice para o setor DeFi

01/10/2020 - 9:01
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
O novo índice livra os investidores da pressão de escolher vencedores individuais e os oferece exposição a dez dos tokens DeFi mais populares em um único índice (Imagem: Brave New Coin)

Desde 2014, a Brave New Coin (BNC) tem sido a principal fornecedora de dados de mercado e soluções de índice à indústria de criptoativos, com foco em transparência, pontualidade e compliance.

Finanças descentralizadas (DeFi) é um ecossistema de serviços financeiros de código aberto e transparente que representa uma ampla categoria de aplicações criadas em redes descentralizadas.

DeFi alavanca redes descentralizadas para transformar serviços bancários e produtos financeiros tradicionais em protocolos sem necessidade de confiança (“trustless”) e transparentes que possam funcionar sem intermediários.

Alguns desses produtos e serviços incluem marketplaces e corretoras descentralizados, emissão de ativos, seguros, contas-poupança, serviços de investimento, tomada e concessão de empréstimos, gestão de ativos e mercados de previsão.

Conforme o setor DeFi continua crescendo exponencialmente, um novo índice, desenvolvido pela BNC em parceria com a corretora BTSE, livra os investidores da pressão de escolher vencedores individuais e os oferece exposição a dez dos tokens DeFi mais populares em um único índice.

Neste 1º de outubro, BTSE e BNC apresentam o BNC-BTSE DeFi Index (BBDX), disponível como um contrato de trocas perpétuas (ou “perpetual swaps”).

Trocas perpétuas são derivativos que permitem a compra ou venda de um ativo com diversas vantagens, como não haver data de expiração, o ativo não ser diretamente negociado e rastreamento próximo do preço do ativo.

O índice rastreia uma cesta dos dez principais ativos DeFi por capitalização de mercado, limitado a 25% em uma gama de fontes de precificação e a uma frequência de menos de um segundo.

Constituintes iniciais:

A escolha dos vencedores no setor DeFi é algo problemático para negociadores e investidores, pois o setor está crescendo rapidamente, com um fluxo constante de novos produtos e inovação.

Corretoras de criptoativos enfrentaram desafios em acompanhar o lançamento de cada vez mais tokens DeFi, frequentemente listando ativos muito novos, não auditados e extremamente ilíquidos.

Isso pode resultar em caos nos mercados nos primeiros dias e semanas de negociação, enquanto falhas nos contratos autônomos são identificadas e uma estrutura saudável de mercado é criada.

Em contraste, um produto baseado em índice permite que investidores e especuladores abram uma posição de compra ou venda por toda a tendência e evitem as armadilhas de investir em um único novo ativo especulativo.

Fran Strajnar, CEO da BNC, afirma que a demanda de mercado por produtos sofisticados e bem-desenvolvidos que dão exposição ao setor DeFi “é realmente exponencial”.

Ele diz que o rápido crescimento da indústria resultou em índices DeFi rapidamente apresentados ao mercado, mas que a BNC não se apressou em desenvolver o BBDX.

“Nosso objetivo foi criar uma metodologia sólida, com transparência suficiente a ser replicada e compreendida e maior longevidade do que os atuais índices DeFi que foram lançados por diversos operadores de corretoras. Estamos satisfeitos em ver nosso índice DeFi alimentar os swaps perpétuos na BTSE e, por desejarem atender investidores institucionais, acreditamos que o produto será bem-recebido.”

Brian Wong, diretor de produtos da BTSE, diz que o design seguro do produto é essencial quando o assunto é derivativos.

“Ao nos unirmos com a Brave New Coin, damos a nossos usuários mais transparência na metodologia de referência e no processo de design de instrumentos, bem como um roteiro de desenvolvimento (roadmap) amplamente acelerado. É nosso objetivo levar as melhores práticas dos mercados de capital ao setor DeFi, além de atrair novas instituições que não iriam negociar em lugar algum com regras imprecisas.”

O índice é pertencente e administrado pela BNC sob os seguintes princípios:

A infraestrutura do índice de criptoativos de terceira geração esteve em uma alta demanda, desde seu lançamento no início de 2020, de empresas incluindo BTSE, a Toronto Futures Options Swaps Exchange (tFOSE) e a corretora Leverj.

Clique aqui para conferir outros índices desenvolvidos pela BNC para a indústria de criptoativos.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 01/10/2020 - 9:01