Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Embraer aumenta prejuízo para R$ 1,2 bilhão no 1º trimestre

01/06/2020 - 8:46
A receita líquida passou de R$ 3,1 bilhões para R$ 2,8 bilhões na mesma base de comparação, representando uma queda de 8% (Imagem: Divulgação/Embraer)

A Embraer (EMBR3) encerrou o primeiro trimestre de 2020 com prejuízo líquido de R$ 1,2 bilhão, de acordo com o relatório divulgado nesta segunda-feira (1°). O valor negativo reportado pela companhia no mesmo intervalo de 2019 foi de R$ 160,8 milhões.

A receita líquida passou de R$ 3,1 bilhões para R$ 2,8 bilhões na mesma base de comparação, representando uma queda de 8%. O Ebitda atingiu R$ 47,6 milhões – contra os R$ 120,3 milhões reportados no início do ano passado.

O caixa encerrou em aproximadamente R$ 13 bilhões, enquanto a dívida líquida fechou em R$ 6,9 bilhões. Apesar da boa liquidez, a Embraer afirmou que continua avaliando financiamentos adicionais, dado o cenário atual de crise.

Em razão da pandemia de covid-19, as estimativas financeiras para 2020 permanecem suspensas.

Boeing

No trimestre, foram entregues cinco aeronaves comerciais e nove jatos executivos. A empresa destacou que, historicamente, as entregas no período são menores.

No entanto, elas foram negativamente impactadas pelas medidas tomadas em janeiro e pelo fim da parceria estratégica com a Boeing, que alegou o não cumprimento de determinadas condições do acordo pela companhia brasileira.

Sobre isso, a Embraer disse que cumpriu integralmente com todas as obrigações contratuais, e busca tomar medidas contra a Boeing como reparação aos danos sofridos por conta da rescisão.

Financiamento do BNDES

De acordo com a matéria publicada pela Reuters ontem (31), a empresa de aviação deve obter neste mês um financiamento de US$ 600 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a bancos privados para conseguir atender à demanda de jatos executivos e comerciais.

Segundo fontes do governo, o crédito pode ser liberado nas próximas semanas.

Veja a íntegra do relatório publicado pela Embraer:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 01/06/2020 - 14:48