Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Emirates converte superjumbos A380 em aviões de carga

11/11/2020 - 17:00
A mudança é uma resposta à crescente necessidade de bens essenciais, como suprimentos médicos, em regiões que enfrentam uma segunda onda da pandemia de Covid-19 (Imagem: Divulgação/Emirates)

A Emirates começou a usar seus superjumbos A380 da Airbus como aviões de carga para atender ao aumento da demanda por mercadorias transportadas, enquanto espera a recuperação dos voos comerciais.

A maior companhia aérea de longo curso do mundo adaptou o A380 para transportar cerca de 50 toneladas de carga na barriga da aeronave, disse a Emirates em comunicado na quarta-feira. A mudança é uma resposta à crescente necessidade de bens essenciais, como suprimentos médicos, em regiões que enfrentam uma segunda onda da pandemia de Covid-19, disse a Emirates.

Embora a companhia aérea de Dubai opere voos com passageiros em aviões A380 para alguns destinos, a maior parte da frota de 115 aeronaves permanece aterrada. A pandemia levou governos a adotarem quarentenas ou fechar totalmente as fronteiras para controlar a propagação do coronavírus, reduzindo a demanda por viagens internacionais de lazer.

A Emirates converteu temporariamente dez Boeing 777 para transportar mais carga em junho, embora esse modelo seja mais adequado para a tarefa e possa transportar cerca de 67 toneladas por voo. O A380, que pode acomodar mais de 500 pessoas, é mais difícil de converter, pois seu layout de dois deques oferece espaço limitado na barriga. A Emirates trabalha para melhorar a capacidade do jumbo por meio de medidas como a utilização de espaço para assentos, disse a empresa.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

O A380 será um dos últimos modelos a retomar os voos, já que demanda só deve voltar aos níveis pré-pandemia em 2023 ou depois. A Air France-KLM decidiu aterrar o jato antes do previsto, enquanto a Deutsche Lufthansa desativou a frota desses aviões.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 11/11/2020 - 17:00

Pela Web