Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Emirates estuda maior corte de empregos do setor aéreo

18/05/2020 - 8:07
Emirates
A Emirates, maior operadora do superjumbo da Airbus, disse que que está revisando os níveis de “custos e recursos” em relação às projeções e que se prepara para retomar os serviços depois de quase dois meses de aterramento (Imagem: Facebook/Emirates)

A Emirates Group avalia eliminar cerca de 30 mil empregos, o que seria o maior número de demissões até o momento no setor aéreo global, praticamente paralisado devido à pandemia de coronavírus.

A maior aérea de longo curso do mundo pode reduzir em até 30% a folha de pagamento, que contava com 105 mil funcionários em março, para cortar custos e realinhar a operação à queda das viagens que deve durar anos, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

O grupo estatal captou US$ 1,2 bilhão em novos financiamentos no primeiro trimestre e busca ajuda de Dubai.

A Emirates também considera acelerar o aterramento da frota de A380, os enormes jatos de dois andares que podem acomodar mais de 500 passageiros, disseram algumas pessoas, que não quiseram ser identificadas.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A Emirates, maior operadora do superjumbo da Airbus, disse que que está revisando os níveis de “custos e recursos” em relação às projeções e que se prepara para retomar os serviços depois de quase dois meses de aterramento.

“Nenhum anúncio foi feito sobre demissões em massa na companhia aérea”, afirmou a empresa em comunicado por e-mail.

“Conservar caixa, salvaguardar nossos negócios e preservar o máximo possível de nossa força de trabalho qualificada continuam sendo nossas maiores prioridades.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 18/05/2020 - 8:07

Pela Web