Empresa faz emissão de até R$ 2,5 milhões para compra de bezerro e recria em Goiás

21/05/2021 - 9:27
Atividade intermediária da pecuária bovina, a recria entrega os animais para terminadores, que dão o acabamento final

A BG Invest está partindo para uma operação recria de prazo de quatro anos e a cada ciclo prevê despejar nas mangueiras dos compradores entre 550 a 700 bois. Para a largada do empreendimento, a empresa está indo ao mercado captar recursos de investidores.

Com um equity (título conversível), regulado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e estruturado e oferecido pela Bloxs Investimentos, a BG pretende captar de R$ 2 a 2,5 milhões.

Cada cota tem valor base de R$ 10 mil. E a rentabilidade projetada é de 21,60% ao ano, com a ressalva, segundo os operadores – André Ferro, sócio da emissora, e Felipe Souto, CEO da Bloxs -, de que a cada ciclo concluído, os investidores têm direito aos proventos das vendas correspondentes.

A operação, que tem a parceria da Precisão Consultoria, vai ser desenrolada em Goiás, onde os gestores possuem experiência de mais de 16 na pecuária de corte. No caso da Bloxs, é mais uma de várias desenhadas nesse modelo de investimentos alternativos para o agronegócio.

A Fazenda Genipapo será o abrigo dos animais.

A característica de recria – período da desmana até fase de reprodução das fêmeas ou engorda dos bois -, até a venda dos bois para os terminadores definiu o projeto em 5 ciclos.

E será intensiva a pasto, cada ciclo de 240 dias, mais 30 dias de “giro operacional, venda de boi magro e compra de bezerro”, informam os executores da emissão.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 21/05/2021 - 9:27

Pela Web