Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Empresários do comércio estão otimistas com vendas de fim de ano

19/12/2018 - 18:54
(CNT)

Diante da expectativa de que os consumidores poderão gastar mais com os presentes de Natal este ano, os empresários do comércio estão otimistas em relação às vendas. É o que dizem as pesquisas feitas na Sondagem do Comércio e na Sondagem do Consumidor, ambas do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE).

Dos 888 empresários entrevistados, 43,1% acreditam que o Natal de 2018 será 25,5% melhor do que o Natal de 2017, principalmente por conta dos móveis e eletrodomésticos e hiper e supermercados.

Consumidores

O Indicador de Intenção de Compras do Natal alcançou 62,8 pontos em 2018, 2,5 a mais que 2017. A ligeira melhora do cenário pode ser explicada pelo fato de que os brasileiros estão aptos a desembolsar mais e o número de pessoas que querem reduzir os gastos tem caído. Ainda assim, os consumidores estão cautelosos.

Em relação aos gastos nos presentes de Natal, 30,9% dos brasileiros devem desembolsar R$ 21 e R$ 50. 30,7% têm intenção de gastar entre R$ 51 e R$ 100. Somente 2,1% dos consumidores pretendem gastar mais de R$ 500.

Os produtos mais procurados são roupas, com 42,3% das respostas, e brinquedos, 17,78%. Perfumes, calçados e eletrônicos são outras opções do consumidor para presentear.

Vagas de trabalho

As vagas temporárias e de contratação também devem subir nessa época do ano. 43,8% dos empresários disseram que pretendem contratar funcionários temporários, sendo que os segmentos de maior destaque ficam para tecidos, vestuário e calçados, com 72%, hiper e supermarcados, 64,6%, e móveis e eletrodomésticos, 60,6%.

Os setores que mais querem transformar as vagas temporárias em efetivas são: outros varejistas, representando 91,4%; tecidos, vestuário e calçados, 84,7%; e móveis e eletrodomésticos, 69,5%.

“Apesar da base de comparação ainda ser baixa e depois de passar por um período turbulento ao longo do ano, onde tivemos os problemas de abastecimento com a greve dos caminhoneiros e incerteza elevada devido ao período eleitoral, o fato dos comerciantes esperarem melhores vendas e contratar mais funcionários do que no ano passado sugere que eles esperam que a tendência de retomada observada nos últimos meses se mantenha”, afirma Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio do FGV IBRE.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , , ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 19/12/2018 - 18:54

Cotações Crypto
Pela Web