Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Empresas aceleram captação antes do período eleitoral, diz jornal

23/07/2018 - 10:43
Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Investing.com – O cenário eleitoral incerto contribui para um contexto de muitas indefinições e sujeitos a turbulências na área econômica. Com isso, as empresas aceleram o pipeline para realização de capitação de recursos no mercado local. As informações são da edição desta segunda-feira da Coluna do Broad, do Estadão.

Um dos principais fatores que contribui para a indefinição é a falta de uma candidatura forte e viável de centro, o que contribui para que o cenário, que é habitualmente de incertezas, seja ainda maior em 2018.

Eventos recentes, como a greve dos caminhoneiros e a volatilidade do dólar em meio a um cenário de incertezas internacionais, também favorecem o cenário.

A publicação destaca que há na fila pelo menos R$ 13,2 bilhões de emissões de debêntures previstas. Além disso, outras empresas esperam o fortalecimento da candidatura de Geraldo Alckmin, o que pode fazer com que essas captações cheguem a R$ 18 bilhões.

Ainda assim, há companhias que deixam operações no gatilho, na expectativa de que haja um fortalecimento do candidato do PSDB à presidência, Geraldo Alckmin. É possível, portanto, que os números encostem, até o fim do ano, na casa dos R$ 18 bilhões.

Ainda de acordo com a coluna, os números da indústria do primeiro semestre já mostravamo interesse em antecipar as captações. No período, as emissões domésticas subiram quase 50%, para R$ 106 bilhões, sendo que as debêntures, responderam por 57% desse total.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre:

Última atualização por Victor Fermino - 23/07/2018 - 10:44

Cotações Crypto
Pela Web