Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Engie Brasil pode gerar rendimento de 7% em dividendos em 2020, estima Credit Suisse

03/12/2019 - 22:43
Engie
Carolina Carneiro e Luis Lima, que assinam o documento, incluíram um aumento de 4% nas estimativas de ganhos até 2026 para a TAG (Imagem: Instagram da Engie Brasil)

As ações da Engie Brasil (EGIE3) podem gerar rendimentos de 7% em dividendos em 2020, avalia o Credit Suisse em um relatório enviado a clientes nesta terça-feira (3).

O banco elevou a recomendação para os papéis de neutra para compra (outperform). O preço-alvo subiu de R$ 48,25 para R$ 52,90. O valor representa um potencial de valorização de aproximadamente 15%.

Carolina Carneiro e Luis Lima, que assinam o documento, incluíram um aumento de 4% nas estimativas de ganhos até 2026 para a TAG (onde a Engie detém uma participação de 29,5%), um novo projeto de renováveis e a probabilidade (50%) de aquisição de mais 10% da TAG.

“A Engie mudou claramente de uma empresa de energia tradicional para o perfil de um fornecedor de serviços públicos, diversificando seu portfólio para o segmento de transmissão e gás, enquanto ainda adiciona mais negociações e fontes renováveis ao seu braço de geração convencional”, explicam.

Desta forma, o Credit Suisse não vê o múltiplo de 3,6 vezes o valor da empresa por megawatt como excessivo, pois acredita que a empresa pode suportar uma rentabilidade sobre o patrimônio líquido de 42% (ROE) e sobre o capital investido superior a 20% (ROIC), “gerando um fluxo de dividendos acima de 7% e apoiando nossa postura positiva”.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Gustavo Kahil - 03/12/2019 - 22:43