Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Enquanto a Bolsa derrete, mercado de cannabis pode ser uma alternativa para lucrar no exterior

21/10/2021 - 17:32

Enquanto a bolsa brasileira apresenta quedas sucessivas e o risco-Brasil parece se aprofundar, o investidor pode procurar outras formas de diversificar seus investimentos. Uma delas é um mercado que já vem crescendo há alguns anos e se mostrando cada vez mais promissor: o de cannabis.

Enzo Pacheco é analista de mercados internacionais da Empiricus e nesse vídeo, apresentou um REIT (real estate investment trust, o “primo” americano dos fundos imobiliários) que tem entregado bons dividendos nesse mercado.

Innovative Industrial Properties (IIPR): um real-estate de cannabis

REITs são ativos ligados a propriedades que seguem a exigência de distribuir pelo menos 90% do seu lucro em forma de dividendos, similar aos fundos imobiliários (FIIs) brasileiros, que pagam os aluguéis mensais de imóveis aos investidores.

A Innovative Industrial Properties (IIPR) é um REIT focado no segmento de cannabis medicinal. Dessa forma, ela auxilia empresas do setor a levantar capital para compra de estabelecimentos.

Atualmente, a cannabis ainda é ilegal a nível federal nos Estados Unidos e, por isso, existe uma dificuldade muito grande para empresas associadas a terem acesso a capital e a Innovative supre precisamente essa necessidade.

Contudo, um estudo da Universidade de Quinnipiac, em 2019, apontou que 93% da população americana é favorável à legalização de cannabis medicinal quando receitada por um médico ou profissional da saúde. Além disso, é um mercado com possibilidade de crescimento muito grande. Para ter uma noção, em 2020 o segmento movimentou cerca de US$ 15 bilhões e estimativas apontam que ultrapasse os US$ 30 bilhões em 2025. 

O foco da IIPR é exatamente em contratos de longo prazo, de 10 a 20 anos de locação, e o valor cobrado varia de 10% a 16% do investimento inicial para compra, além dos reajustes anuais de 3% a 4,5% – o que representa a capacidade da empresa de rentabilizar o ativo de maneira crescente.

Dessa forma, investidores da IIPR tem uma perspectiva de que o dividendo cresça ao longo do ano, como já aconteceu. Em maio de 2018, quando foi sugerida a adição do ativo na carteira do Green Rider (parte da série Money Rider, da Empiricus), a empresa pagava cerca de US$ 1,00 por ação e agora paga cerca de US$ 5,60 em dividendos. Além disso, o portfólio de propriedades do real estate aumentou indo de seis para 76. 

O dividend yield atualmente está na casa dos 2,5%, muito atrativa em comparação com a média do S&P 500, maior índice da bolsa americana, cujo DY fica na média de 1,3%.

A causa do aumento dos proventos é simples: a empresa, ao longo dos últimos três anos, apresentou um crescimento considerável. O FFO (funds from operations, termo utilizado para se referir ao fluxo de caixa dos REITs) encerrou o ano de 2018 com US$ 8,3 milhões. Para 2021, fazendo uma projeção proporcional ao seu primeiro semestre, espera-se um FFO de US$ 154 milhões. 

Baixe agora o Superapp da Empiricus (disponível na App Store e Google Play) e acesse cursos de vários temas de educação financeira especiais para o seu bolso, além de notícias e outros conteúdos sobre o mercado financeiro.

Última atualização por Camila Paim - 21/10/2021 - 17:32

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web