Escalas mais longas dos frigoríficos e dia de poucos negócios devem dar o tom do boi gordo nesta 6ª

23/07/2021 - 8:06
Consumo lento e exportações acomodadas dão o tom de boi em valores sem força (Imagem: Divulgação)

Sexta-feira (23), dia de poucos negócios, não deverá trazer alteração positiva para o boi gordo. Apesar de permanecer o viés de oferta baixa de animais, a correspondência dos compradores está morna.

Além do mais, de acordo com vários produtores ouvidos por Money Times, foi notado mais um movimento de venda de última hora, entre pecuaristas menores que perderam o resto de pasto com as últimas geadas em São Paulo e outras regiões mais próximas.

Assim, os frigoríficos conseguiram esticar um pouco mais a escala.

O Cepea de ontem confirmou uma queda de quase 1% na @, para R$ 317,50, e o Balizador GPB Datagro também, com a mesma média, em recuo de 0,44%.

As referências da Agrifatto, R$ 313 (para descontar imposto), e da Scot, R$ 308 (livre do Funrural), ambas à vista, ficaram estáveis, mas assim estão há vários dias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 23/07/2021 - 9:56

Cotações Crypto
Pela Web