Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Estapar sofre prejuízo de R$ 25,5 mil no 1° trimestre com pandemia no retrovisor

30/06/2020 - 7:44
Estapar ALPK3
O isolamento social desencadeado pela pandemia atingiu sensivelmente as operações da empresa (Imagem: Estapar/Site/Reprodução)

Estapar (ALPK3) totalizou um prejuízo líquido de R$ 25.562 mil no 1° trimestre de 2020, comparado a um prejuízo líquido de R$ 16.792 mil no mesmo período do ano anterior.

Segundo a empresa, as mudanças no prejuízo líquido são explicadas pelas variações decorrentes dos impactos negativos atribuídos as restrições impostas pela crise da pandemia de coronavírus.

O ciclo de intensivos investimentos em crescimento dos últimos exercícios também afetou as despesas de depreciação e amortização, ainda que sem efeito de caixa.

O Ebitida ajustado da companhia, medida de lucro ou prejuízo operacional,registrou uma queda de 28,4% em relação a este ano e 2019, em que foram reportados R$ 22 milhões e R$ 30,7 milhões, respectivamente. Houve variação também na margem do Ebitida ajustado, que encolheu de 12,2% para 9% entre os períodos referidos.

Nos dois primeiros meses de 2020, apesar das fortes chuvas que causaram alagamentos e prejuízos nas vias de tráfego e infraestrutura que impactaram o sudeste do país, no período a receita líquida cresceu 8,6%.

A companhia aponta como “efeito da maturação de novos negócios em shopping centers, edifícios comercias, além do início das concessões On-Street de Taubaté e São Bernardo do Campo conquistadas no 2° semestre de 2019, além da concessão por 20 anos no aeroporto de Congonhas”.

Na visão trimestral, a receita líquida caiu 3,4%, para R$ 234,3 mil, conforme ampliavam-se as restrições impostas pela crise da Covid-19 a partir de março, principalmente nos setores de aeroportos, instituições de ensino e lazer.

Confira na íntegra o resultado da Estapar:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 30/06/2020 - 7:45