Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Este fundo imobiliário tem tudo para continuar na alta em 2020, aponta Mirae

20/01/2020 - 12:00
Imóveis
Instituição lista recomendação de compra para fundo (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

Para a Mirae Asset, o fundo imobiliário Mogno Fundo de Fundos (MGFF11) deverá continuar a trajetória de valorização neste ano acima do CDI e do índice de referência, o Ifix.

“Seguimos com recomendação de compra para as cotas do Mogno Fundo de Fundos”, afirma a equipe de análise liderada por Pedro Galdi.

Como justificativa, a instituição destaca o aumento da posição em cotas do BTG Pactual Corporate Office (BRCR11) e no fundo CSHG Real Estate (HGRE11).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Rio de Janeiro

Outro ponto ressaltado pelos analistas foi a exposição à retomada do mercado imobiliário no Rio de Janeiro dada a “oportunidade por conta do preço defasado destes ativos”

“Diante deste quadro, a gestora está confortável para seguir com sua estratégia de alocação no Rio de Janeiro”, avalia a Mirae Asset.

Brasil Rio de Janeiro América Latina Turismo
Analistas destacam retomada imobiliária carioca (Imagem: Unsplash/@phaelnogueira)

Características

A natureza deste fundo é híbrida por investir em imóveis concretos e em ativos financeiros não tangíveis, como CRIs e LCIs.

O dividend yield (pagamento de dividendos sobre cotação do ativo) anualizado se encontra na casa dos 8,43%.

Por último, o fundo administrado pelo BTG Pactual é negociado com múltiplo P/VPA (Preço sobre Valor Patrimonial) está em 1,154 vez – de acordo com o último fechamento.

Esta relação mede as distorções em torno de quanto o mercado avalia em relação ao valor contábil.

 

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 20/01/2020 - 12:01