Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

EUA: Futuros apontam para queda de 3 dígitos em meio a guerra comercial

13/05/2019 - 8:38

 

Por Investing.com

Wall Street apontou para um declínio acentuado na abertura na segunda-feira após o conflito comercial entre os EUA e a China dar uma guinada para pior.

Depois que nenhum acordo foi alcançado nas negociações da semana passada, o presidente Donald Trump instruiu o representante comercial Robert Lighthizer a preparar um aumento de 25%das tarifas americanas sobre praticamente todos os produtos chineses importados para os EUA, incluindo aqueles que atualmente não foram atingidos pelos impostos existentes.

Quer concorrer a R$ 300? Responda esta pesquisa sobre investimentos em 2 minutos

Exclusivo: O segredo para ganhar com Petrobras em qualquer cenário

Trump advertiu a China no domingo que Pequim deve chegar a um acordo agora, em vez de esperar que ele não ganhe sua campanha de reeleição em 2020. “Seria sensato para eles agirem agora, mas adoram colecionar grandes tarifas”, twittou o presidente.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Geng Shuang, prometeu que a China “nunca se renderia” à pressão externa, embora tenha parado de fornecer detalhes imediatos sobre as tarifas de retaliação planejadas.

Hu Xijin, editor-chefe do Global Times, indicou que o motivo da falta de detalhes foi porque Pequim estava “elaborando um plano que terá efeitos precisos, garantindo que ele atinja os EUA e minimizando os danos a si mesmo”. ”

Embora Trump tenha dito que a China pagaria as tarifas, o conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, admitiu em entrevista à CNBC no domingo que “os dois lados pagarão”. No entanto, ele sugeriu que o impacto da economia chinesa seria grande enquanto o impacto sobre os EUA seria menor.

Kudlow disse que há uma “forte possibilidade” de que Trump se encontre com o presidente chinês Xi Jinping na cúpula do G20 no Japão no final de junho. Isso e o fato de que a China convidou as autoridades americanas para Pequim novamente esta semana, sugere que as conversações não tenham cessado completamente.

Mesmo assim, as preocupações com um impacto negativo em nível global abalaram os ativos de risco nesta segunda-feira.

O blue chip futuros do Dow caía 312 pontos, ou 1,2% às 7h52, os futuros do S&P 500 afundava 37 pontos, ou 1,3%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 caía 126 pontos, ou 1,7%.

“O aumento nas as tarifas americanas, que devem permanecer em vigor por algum tempo, afetarão negativamente a confiança dos consumidores e das empresas em uma economia global já em desaceleração, pressionarão o crescimento global, enfraquecerão os fluxos comerciais e apertarão as condições financeiras”, alertaram os analistas da Moody’s Investor Service . “Embora a economia global tenha mostrado sinais de estabilização emergente, o aumento da tarifa provavelmente reverterá essa tendência”.

Sem grandes dados econômicos ou relatórios de empresa programados para segunda-feira, o comércio será impulsionado por qualquer evolução no que diz respeito à disputa em curso.

Os integrantes do Federal Reserve Richard {{{ecl-1803 |} Richard Clarida}}, Eric Rosengren e Robert Kaplan estão agendados para fazer pronunciamentos ao longo do dia nesta segunda-feira.

Longe das ações, o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, caía 0,1% para 97,06 por volta das 7h54, enquanto os rendimento do título do Tesouro de 10 anos caía 3 pontos base para 2,43%.

Com relação a commodities, os contratos futuros de ouro recuavam US$ 3,45, ou 0,3%, a US$ 1.283,95 a onça troy, ao passo que contratos futuros de petróleo dos EUA subiam 84 centavos, ou 1,4%, para US$ 62,50 por barril em resposta a notícias de ataques a petroleiros sauditas que entraram no Golfo Pérsico

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Rafael Borges - 13/05/2019 - 8:38

Cotações Crypto
Pela Web