Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

EUA: Futuros estáveis, investidores em espera devido aos dados alemães

04/04/2019 - 9:37
Dados alemães deixa investido receoso

Por Investing.com

Os futuros dos EUA caíram nesta quinta-feira, já que as preocupações com a economia global voltaram ao ânimo do mercado depois que o fraco relatório de folha de pagamento da ADP (NASDAQ:ADP) de quarta-feira foi agravado por dados econômicos mais sombrios da Alemanha.

Futuros do Ibovespa começam a quinta-feira com ganhos

Os {{ec-130||pedidos de fábrica}} na maior economia da Europa tiveram a maior queda mais em dois anos em fevereiro. Embora os dados tenham sido substituídos por números não muito confiáveis mais recentes de março, eles são mais uma evidência de uma desaceleração no bloco e, por extensão, na economia global.

Confira as principais notícias dos jornais desta quinta-feira

futuros do Dow caía 10 pontos ou 0,04% às 7h40, enquanto o futuros do S&P 500caía meio ponto ou 0,03% e o índice de tecnologia de futuros do Nasdaq 100 caía 4 pontos ou 0,05%.

Em outras notícias, as negociações entre os EUA e a China estão em fase final, com o presidente dos EUA, Donald Trump anunciando “provavelmente” uma cúpula com o presidente da China, Xi Jinping, na quinta-feira, de acordo para um funcionário da administração citado pela Bloomberg. No entanto, é improvável que o anúncio por si só responda a todas as questões sobre a eficácia e a duração de um acordo entre os dois países.

A Tesla (NASDAQ:TSLA) estava entre empresas as mais afetadas antes do pregão, caindo 7,7% após ter reportado apenas 31% em entregas de veículos no primeiro trimestre de 2019, devido a dificuldades na Europa e na China e uma redução em créditos fiscais nos EUA.

A LYFT (NASDAQ:LYFT) caía mais 0,3% no pré-mercado depois da notícia de que o investidor Carl Icahn havia vendido sua participação de 2,7%, valendo mais de US$ 500 milhões, para George Soros antes do IPO da empresa.

Enquanto isso, a empresa de semicondutores Micron (NASDAQ:MU) caía 3,5% após uma forte alta na quarta-feira, enquanto a Western Digital Corporation (NASDAQ:WDC) caía 0,7%.

Lyft caiu 0,3% após Carl Icahn vender sua participação de 2,7%

Em outros lugares, o Facebook (NASDAQ:FB) ganhava 0,7%, enquanto a WaltDisney (NYSE:DIS) subia 0,6%, apesar das notícias de que a empresa está sendo processada por suposta desigualdade salarial.

Na frente econômica, os números dos pedidos iniciais de seguro desemprego saem às 9h30. Os discursos dos formuladores de políticas do Federal Reserve também estarão em foco. O presidente do Fed de Nova York, John Williams, o presidente do Fed da Filadélfia, Patrick Harker, e a presidente do Fed de Cleveland Loretta Mester, devem falar em eventos separados.

Em commodities, os contratos futuros de ouro ficaram estáveis ​​em US$ 1.295,25 por onça-troy, enquanto os contratos futuros de petróleo dos EUA se consolidaram logo abaixo de seus níveis de 2019, a US$ 62,47 por barril. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais moedas, subiu 0,1%, para 96,738.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Bruno Andrade - 04/04/2019 - 9:37

Cotações Crypto
Pela Web