Europeus discriminam índios por não comprarem produção deles, diz Bolsonaro

29/04/2021 - 22:25
Índios Agricultura Agronegócio
O presidente disse que é “interesse nosso” que os “nossos irmãos índios” se integrem na sociedade (Imagem: Reuters/Ueslei Marcelino)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que europeus discriminam indígenas brasileiros por não comprarem produtos agrícolas produzidos por eles e, novamente, defendeu a possibilidade de os índios desenvolverem atividades econômicas dentro de suas reservas.

“Olha a discriminação do europeu, não come o que eles produzem porque não quer ver o progresso deles”, afirmou Bolsonaro em sua transmissão semanal ao vivo pelas redes sociais.

Na transmissão realizada ao lado do presidente da Funai, o delegado Marcelo Xavier, o presidente disse que é “interesse nosso” que os “nossos irmãos índios” se integrem na sociedade.

Segundo Bolsonaro, indígenas não podem continuar vivendo no seu território como se não tivessem liberdade. O presidente também levou dois indígenas que defenderam o direito de explorar suas terras para a produção agrícola, por exemplo.

O presidente da Funai disse ser possível haver convergência para a possibilidade de haver mineração em terras indígenas e defendeu dar aval aos povos para explorarem atividades econômicas em suas terras para terem seu sustento.

Citando o exemplo de Roraima, Estado que não é autossuficiente em energia elétrica, Bolsonaro comentou que é possível que indígenas gerem energia a partir dos rios, o que poderia resolver o problema na região.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 29/04/2021 - 22:25

Pela Web