Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ex-campeão mundial de juros, Brasil terá juro real perto de zero, diz Goldman

09/04/2020 - 16:51
Novos tempos: Banco Central cortará ainda mais os juros, aposta Goldman Sachs (Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil)

A taxa real de juros do Brasil deve cair para praticamente zero no segundo trimestre. A avaliação é do Goldman Sachs, em relatório obtido pelo Money Times.

Alberto Ramos, Paulo Mateus, Tiago Severo e Gabriel Fritsch, que assinam o relatório, afirmam que a forte queda da economia, decorrente do coronavírus, e as expectativas positivas para a inflação neste e no próximo ano, farão com que o Copom corte novamente os juros.

A aposta do Goldman é que, no segundo trimestre, a Selic caia para 3% ao ano (ante os atuais 3,75% aa). “Isso deixaria o Brasil, até pouco tempo atrás, o campeão mundial de taxas reais de juros, com uma taxa real próxima de zero”, afirmam.

O Goldman Sachs lembra que, durante a recessão de 2014 a 2016, o Banco Central já havia promovido uma forte redução na taxa, de 14,25% ao ano, no quarto trimestre de 2016, para 7% no fim de 2018 – até então, o nível mais baixo já registrado.

 

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Márcio Juliboni - 09/04/2020 - 16:51