Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Exportações de carne bovina atingem maior patamar desde 2008

11/12/2018 - 17:09
(Pixabay)

A previsão para as exportações brasileiras de carne bovina até o fim de 2018 é de que fechem em um montante de 1,62 milhão de toneladas, o maior volume já exportado pelo Brasil em dez anos. Os dados da Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), divulgados nesta terça-feira (11), mostram que o valor correspondente das vendas seria de US$ 6,541 bilhões, alta de 7,4% no acumulado do ano.

Desde 2016, o setor vem dando mostras de crescimento de 10% ao ano, tanto em volume quanto em faturamento. Com os bons resultados de 2018, espera-se que a imagem e a garantia da carne brasileira sejam mantidas não só no país como também no exterior.

“O setor passa por um processo de melhoria contínua e o crescimento das exportações mostra a qualidade e competitividade da nossa carne, além da confiança dos mercados internacionais no nosso produto”, explica Antônio Jorge Camardelli, presidente da associação.

Entre janeiro e novembro deste ano, a receita foi de US$ 5,99 bilhões, 8,31% a mais do que o mesmo período de 2017. Foram comercializadas 1,49 milhão de toneladas, o que representa um crescimento de 10,67%. O segundo semestre, especialmente o mês de setembro, em que as negociações resultaram em 178 mil toneladas exportadas e US$ 700 milhões de faturamento, registrou os melhores resultados, com alta de 31,75% em volume e 25,86% em faturamento frente o mesmo intervalo do ano passado.

Principais mercados importadores

A carne bovina brasileira tem como principais destinos Hong Kong e China. No acumulado de 2018, Hong Kong recebeu quase 362 mil toneladas, 24,3% do total de embarques realizados pelo Brasil.

Em termos de faturamento, a China é o país de maior destaque, com 22,68% do valor total – US$ 1,36 bilhão. Egito, União Europeia e Chile são outros mercados válidos de serem mencionados, conforme a associação.

O que esperar para 2019?

A Abiec está na expectativa de que, em 2019, com a retomada das exportações para a Rússia, a confiança no retorno ao mercado norte-americano e o crescimento da China, o volume de carne bovina exportada cresça 10,7%, chegando a 1,8 milhão de toneladas. O faturamento deve registrar alta de 11%, totalizando US$ 7,26 bilhões.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 11/12/2018 - 17:09