Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Facebook compra empresa sueca de mapeamento

19/06/2020 - 12:56
Facebook
O Facebook confirmou a transação, mas se recusou a revelar os termos (Imagem: Pixabay)

O Facebook adquiriu a empresa sueca de tecnologia de mapeamento Mapillary, que coleta imagens de milhares de colaboradores para criar mapas imersivos e atualizados, disseram as empresas.

O presidente-executivo da Mapillary, Jan Erik Solem, que fundou a startup depois de deixar a Apple em 2013, disse que a tecnologia de sua empresa seria usada para alimentar produtos como o Facebook Marketplace e fornecer dados a organizações humanitárias.

Solem havia vendido uma startup de reconhecimento facial, Polar Rose, para a Apple em 2010.

O Facebook confirmou a transação, mas se recusou a revelar os termos.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A Mapillary não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A Mapillary visa solucionar um dos problemas mais caros do mapeamento: manter os mapas atualizados com dados detalhados sobre placas, endereços e outras informações das vias.

Grandes empresas como Apple e o Google resolvem o problema enviando frotas de veículos equipadas com câmeras e outros sensores para coletar imagens.

A Mapillary fornece as imagens através de crowdsourcing, com usuários contribuindo com fotos de smartphones e outros tipos de câmeras, e usa a tecnologia de “visão computacional” para juntar as fotos em um mapa tridimensional.

Muitos consideram essa informação essencial para a tecnologia de carros autônomos, embora um porta-voz do Facebook tenha dito que também apoiaria os produtos do Facebook em desenvolvimento, como óculos de realidade aumentada e dispositivos de realidade virtual.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 19/06/2020 - 12:56

Pela Web