Facebook lança ferramenta de criação de NFTs, mas público ainda será restrito; entenda

The Block
The Block
01/07/2022 - 10:15
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Facebook
Somente em 2022, a empresa-mãe do Facebook pediu 13 registros de marcas ligadas a cripto. (Imagem: Unsplash/Solen Feyissa)

Meta (META) deu início ao lançamento de uma ferramenta de tokens não fungíveis (NFTs) no Facebook, uma semana após o CEO Mark Zuckerberg ter anunciado o plano.

A ferramenta estará disponível, inicialmente, para um grupo seleto de criadores nos Estados Unidos — algo semelhante ao que a empresa fez para NFTs no Instagram no mês passado.

A publicação de Zuckerberg no Facebook anunciando a iniciativa também indicou que a companhia está de olho em NFTs de realidade aumentada e NFTs em 3D usando a plataforma Spark AR, da companhia.

A notícia foi confirmada na quarta-feira pelo gerente de produtos de Meta, Navdeep Singh, no Twitter. Capturas de tela compartilhadas por Singh mostram que os NFTs no Facebook aparecerão sob a aba “colecionáveis digitais” no perfil do usuário.

No Instagram, NFTs tem suporte nos blockchains da Ethereum e Polygon, sendo que o suporte para Solana e Flow será adicionado em breve. Facebook ainda não anunciou se essa sequência de suportes também acontecerá nos NFTs da rede social.

Meta atrás de registros de marca

Meta Platforms — empresa-mãe do Facebook — entrou com 13 pedidos para registro de marca ligado ao mundo das criptomoedas e metaverso somente neste ano.

Em março, a companhia solicitou o registro de oito marcas distintas, que variavam entre tokens cripto, software de blockchain, corretoras de moedas virtuais, negociação de moedas, além de moedas digitais, virtuais e criptomoedas.

“Esses pedidos refletem a estratégia da companhia em sua entrada no metaverso. Claramente, Meta tem planos significativos para a economia virtual que irá conduzir”, disse Mike Kondoudis, advogado de marcas registradas, em uma declaração na época.

Em maio, a empresa-mãe do Facebook entrou com mais cinco pedidos para registro de marca, desta vez para o que parece ser a nova plataforma digital da companhia, chamada Meta Pay.

Os pedidos de registro de marca, enviados no dia 13 de maio, descrevem Meta Pay como um “serviço on-line de conexão social para investidores, que permite negociações financeiras e corretagem de moeda digital, moeda virtual, criptomoeda, ativos digitais e de blockchain, tokens digitais e tokens cripto”.

Além de pagamentos e negociações, Meta Pay também pode incluir serviços de empréstimos e investimentos em ativos digitais, de acordo com detalhes presentes nos pedidos.

Siga o Crypto Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas, analistas e leitores do Crypto Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no mundo cripto. Siga agora a página do Crypto Times no Facebook!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 01/07/2022 - 10:15

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto