Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fitch sinaliza que pode rebaixar nota de risco da Dasa

30/10/2020 - 10:58
Fitch
A Fitch alerta para a estratégia da Dasa de financiar aquisições majoritariamente por dívida (Imagem: Reuters/Reinhard Krause)

A agência de classificação de risco Fitch sinaliza que pode rebaixar a nota de crédito da Dasa (DASA3), e de sua subsidiária integral Ímpar, já que a perspectiva dos ratings corporativos foi revisada para um degrau abaixo, de estável para negativa

A Fitch atribui o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra) Estável à proposta de 14ª emissão de debêntures quirografárias da Dasa, no montante de até R$ 600 milhões, a ser realizada em até duas séries, com prazo de vencimento de cinco anos para a primeira e de sete anos para a segunda.

Os recursos da proposta da emissão serão utilizados para reforço do capital de giro da emissora, podendo ser direcionados para suportar a sua estratégia de aquisições.

“A revisão da Perspectiva para Negativa incorpora a pressão sobre perfil financeiro do grupo, decorrente dos impactos indiretos da Covid-19 em suas operações, o que deve retardar o processo de desalavancagem financeira consolidada da Dasa”, pondera a agência de classificação de risco em documento divulgado ao mercado nesta quinta-feira (29).

A manutenção da estratégia de aquisições ao longo dos próximos trimestres, financiada majoritariamente por dívida, pode desenquadrar ainda mais os indicadores de crédito da empresa, distanciando seus índices de alavancagem financeira líquida do patamar de 2,5 vezes, que é compatível com sua classificação, a depender do volume de aquisições, adverte a Fitch.

Veja o documento divulgado pela Fitch:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 30/10/2020 - 10:58