Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fraco trimestre da Tupy já era esperado pelo mercado, avalia BTG Pactual

13/08/2020 - 16:20
A empresa reportou prejuízo líquido de R$ 82,8 milhões (Imagem: YouTube/Tupy Conexões)

O fraco trimestre da Tupy (TUPY3) já era esperado pelo mercado, de acordo com a análise do BTG Pactual.

A empresa reportou prejuízo líquido de R$ 82,8 milhões no segundo trimestre, em contraste com o lucro de R$ 59,4 milhões do mesmo período do ano passado. No relatório da administração, o resultado foi atribuído à pandemia de coronavírus, que paralisou as operações dos clientes da Tupy no Brasil e no exterior.

A empresa acrescenta que, em abril e maio, seu volume recuou 69%, ocasionando uma queda de 54% na receita líquida em relação a um ano atrás, para R$ 644,9 milhões. Segundo a Tupy, as atividades melhoraram em junho, com o volume de vendas equivalente a 74% do normal.

O ebitda ajustado ficou negativo em R$ 2,3 milhões, ante o saldo positivo de R$ 204,4 milhões do mesmo período de 2019.

“Esperamos que os números se recuperem nos próximos trimestres, com julho já apontando para um resultado favorável (esperamos que as margens se recuperem para os níveis pré-pandêmicos no 2 semestre de 2020)”, informou o BTG.

Apesar dos números negativos, o banco reiterou a compra dos ativos da companhia com preço-alvo de R$ 21.

A expectativa dos analistas é de que a recuperação econômica, a demanda por equipamentos pesados deve ser impulsionada, além de contar com um câmbio favorável, já que o dólar demora mais para se depreciar e grandes sinergias esperadas com o negócio da Teksid, levando a Tupy ao próximo patamar em termos de escala global.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 13/08/2020 - 16:20