França vê queda de 10% em área plantada com milho

11/05/2021 - 15:41
Milho
Já era esperado que área destinada aos cultivos de primavera, como o milho, tivesse queda após o aumento acentuado visto no ano passado, quando chuvas prejudicaram o plantio de grãos de inverno (Imagem: REUTERS/Bing Guan)

A área semeada com milho na França deverá recuar 10% neste ano, com a safra de primavera (do Hemisfério Norte) devolvendo os fortes ganhos registrados em 2020, disse o Ministério da Agricultura do país nesta terça-feira.

Em sua primeira projeção para o plantio 2021 de milho, a pasta fixou a área de milho em 1,44 milhão de hectares, uma queda em relação aos 1,61 milhão de hectares semeados em 2020, mas em linha com a média histórica de cinco anos.

Já era esperado que área destinada aos cultivos de primavera, como o milho, tivesse queda após o aumento acentuado visto no ano passado, quando chuvas prejudicaram o plantio de grãos de inverno.

A área plantada com cevada foi estimada em 593 mil hectares, queda de 25% na comparação anual, mas acima da projeção inicial do ministério, publicada no mês passado, de 524 mil hectares.

A pasta manteve inalterada –em relação ao relatório do mês passado– sua estimativa para a área de beterraba sacarina deste ano, vista em 396 mil hectares, queda de quase 6% ante 2020, acrescentando que o impacto das severas geadas do mês passado à área de cultivo ainda não está claro.

Para o trigo soft, principal cereal produzido pela França, o ministério manteve sua projeção em 4,89 milhões de hectares, alta de quase 15% no ano a ano e marginalmente acima da média de cinco anos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 11/05/2021 - 15:41

Pela Web