Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fras-Le faz jogada agressiva ao comprar Nakata; papéis fecham em alta de 15%

18/12/2019 - 18:30
A aquisição da Nakata deve reforçar a atuação da Fras-Le no segmento de reposição de autopeças devido ao aumento do portfólio de produtos (Imagem: Divulgação/Fras-le)

A compra da Nakata Automotiva pela Fras-Le (FRAS3) por R$ 457 milhões representa a maior jogada da estratégia de crescimento não-orgânico da empresa, de acordo com o BTG Pactual.

“É altamente agressivo para a Fras-Le adicionar novos produtos em seu canal de distribuição já estabelecido, especialmente produtos de marca forte, como a Nakata, para impulsionar sua posição comercial”, afirmaram os analistas Renato Mimica e Lucas Marquiori.

Com isso, os papéis da companhia encerram a sessão desta quarta-feira (18) em alta de 15% a R$ 5,87.

Considerada um movimento muito bem bem-vindo, a aquisição deve reforçar a atuação da Fras-Le no segmento de reposição de autopeças devido ao aumento do portfólio de produtos.

Segundo a Mirae Asset, o setor de autopeças será um dos beneficiados pela expectativa de recuperação da economia, e por isso a corretora vê a compra como positiva.

Nakata
A Nakata possui duas fábricas de produção em Diadema (SP) e Osasco (SP) e mais dois centros de distribuição em Santo André (SP) e Extrema (MG) (Imagem: Divulgação/Nakata)

Com um portfólio diversificado que inclui amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, a Nakata possui duas fábricas de produção em Diadema (SP) e Osasco (SP) e mais dois centros de distribuição em Santo André (SP) e Extrema (MG). Em 2018, registrou receitas de R$ 464 milhões, e estima-se que alcançará R$ 510 milhões em 2020 – 36% e 10% do guidance da Fras-Le para 2019.

Na avaliação de Mimica e Marquiori, o canal de distribuição da Fras-Le, que possui grande presença internacional, deve permitir que os produtos da Nakata ganhem rapidamente volume fora do Brasil, trazendo “sinergias comerciais altamente desejadas”.

Adicionalmente, os analistas esperam que o momento de ganhos da Randon (RAPT4), controladora da Fras-Le, persista a curto prazo, apesar da recomendação neutra e do preço-alvo de R$ 10.

“Abraçamos a crescente exposição da Randon para o segmento de autopeças, dado sua posição superiora e a melhora da dinâmica industrial”, concluiu o BTG.

A recomendação da Mirae para a Randon também é neutra, com preço-justo de R$ 11,76.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 18/12/2019 - 18:31