Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Frigoríficos seguem em alta; BTG eleva preço-alvo de Minerva com visão otimista para margens em 2020

26/11/2019 - 12:48
BTG eleva preço-alvos dos grandes Frigoríficos (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Por Investing.com

A exemplo da véspera, as ações das companhias de proteína animal seguem com valorização na bolsa nesta terça-feira, com o mercado seguindo otimista com as notícias sobre o mercado chinês, que, com uma maior demanda, pode trazer mudanças na tarifa de importação dos produtos para a China. Além disso, o BTG Pactual (BPAC11) elevou o preço-alvo de Minerva (BEEF3) de R$ 11,00 para R$ 16,00, com recomendação de compra.

Assim, por volta das 12h46, as ações da Marfrig (MRFG3) recuam 3,09% a R$ 10,99, com as da BRF (BRFS3) subindo 1,36% a R$ 36,59 e as da JBS (JBSS3) recuam 1,44% a R$ 27,36, com os três papéis liderando o Ibovespa. Fora do índice, a Minerva (BEEF3) tinha avanço de 2,08% a R$ 13,75.

Minerva

A equipe do BTG destaca que, após reunião com executivos da Minerva, foi indicado que as margens para 2020 poderiam ser ainda maiores do que em 2019, que combinadas com uma disponibilidade ainda forte de gado na maioria das regiões e preços favoráveis da carne bovina, poderiam resultar em um EBITDA de cerca R $ 2 bilhões.

Minerva
Após reunião com executivos da Minerva, foi indicado que as margens para 2020 poderiam ser ainda maiores do que em 2019 (Imagem: Gustavo Kahil/ Money Times)

Os analistas avaliam que, após um forte conjunto de resultados do terceiro trimestre e perspectivas ainda melhores no quarto trimestre, há a confiança que a marca é alcançável.Com isso, o preço-alvo foi elevado. Para eles, Minerva é negociada a 5,7x EV/2020 EBITDA (ainda dentro do intervalo histórico), enquanto o rendimento FCF esperado de 2020 antes de impostos de 16% ainda sinaliza um bom desempenho.

Outros fatores

Segue no radar dos investidores a potencial oferta de ações da JBS  pelo braço de investimentos em empresas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que já contratou bancos para coordenarem a transação.

Na semana passada, o presidente do conselho de administração do BNDES, Carlos Thadeu de Freitas, afirmou que o banco de fomento deverá vender cerca de metade de sua participação na processadora de carne até o final do ano, em operação que pode levantar 7,8 bilhões de reais.

BNDES
O presidente do conselho de administração do BNDES, Carlos Thadeu de Freitas, afirmou que o banco de fomento deverá vender cerca de metade de sua participação na processadora de carne até o final do ano (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

Outro fator que contribui para a tendência de valorização dos ativos foram os comentários de executivos da Minerva  durante evento da empresa com investidores e analistas em São Paulo no sentido de eventual redução ou eliminação de tarifa de importação da China para carnes da América do Sul.

“A carne da América do Sul é taxada. Tem 24% de taxação. Um dos instrumentos que estamos vendo é a redução dos impostos de importação”, disse o fundador e presidente-executivo da Minerva, Fernando de Queiroz.

“Na China, as estatais estão sendo isentas destes impostos de importação. Isto dá a oportunidade única para América do Sul ser mais competitiva. Nova Zelândia e Austrália têm imposto zero. Seremos mais competitivos neste momento já que eles estão preocupados com inflação alimentar.”

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 16/12/2019 - 14:44

Cotações Crypto
Pela Web