Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fundo de participação em porto da BRZ Investimentos pode render 54% e anima XP Investimentos

22/09/2020 - 13:11
Porto de Itapoá
O cenário otimista da XP para o fundo considera uma retomada da demanda em ritmo mais acelerado, próximo ao crescimento observado nos últimos anos (Imagem: Reprodução/BRZ Infra Portos)

A XP Investimentos iniciou a cobertura do FIP-IE BRZ Infra Portos (BRZP11), fundo de investimento em participações em infraestrutura da BRZ Investimentos, com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 126 a cota. Considerando o potencial de valorização e o dividend yield de 4,3%, o retorno total do ativo é de 54,6%.

Investido no Porto de Itapoá, localizado na Baía de Babitonga, em Santa Catarina, o fundo é indicado a investidores que querem ganhar capital por meio da valorização das cotas no médio e longo prazo.

Segundo a corretora, o grande diferencial dos fundos do segmento é a isenção de imposto a pessoas físicas para ganho de capital e dividendos, o que torna o investimento mais eficiente e atrativo.

“Nos primeiros anos, as distribuições de dividendos projetadas são mais conservadoras a fim de preservar o caixa da companhia para fazer frente à futura expansão. No entanto, a longo prazo, os dividendos tendem a alcançar patamares elevados”, comentou o analista de Fundos Imobiliários, Renan Manda.

Expansão da capacidade

Adotando a perspectiva de expansão da capacidade do Porto de Itapoá para além de 2 milhões de TEUs (em inglês, Twenty-foot Equivalent Unit) por ano, o cenário otimista da XP considera uma retomada da demanda em ritmo mais acelerado, próximo ao crescimento observado nos últimos anos.

“Levando em consideração a perspectiva macroeconômica do país de aumento de participação do transbordo em relação a outros modais e a um possível ganho de participação de mercado devido às condições favoráveis do terminal de Itapoá, acreditamos na permanência de crescimento do volume movimentado no porto”, disse Manda.

Porto de Itapoá
No cenário otimista para o Porto de Itapoá, a perspectiva é de crescimento de 9,2% da demanda em 2021, 9,5% em 2022 e 9,2% em 2023 (Imagem: Reprodução/Porto Itapoá)

No cenário base, o terminal deve apresentar crescimento na demanda de 9% em 2021, percentual que cairá para 8,5% em 2022 e voltará a subir em 2023, para 9,1%.

No cenário otimista, a perspectiva é de crescimento de 9,2% da demanda em 2021, 9,5% em 2022 e 9,2% em 2023. Sob essa perspectiva, o BRZ Infra Portos tem potencial de valorização de 56%, com preço-alvo a R$ 131,16.

Riscos

De acordo com a XP, o cenário pessimista leva em consideração a extensão dos impactos causados pela pandemia de covid-19.

As variações macroeconômicas, principalmente cambiais, podem trazer volatilidade no curto prazo. O aumento da competição entre portos e por outros modais de transporte também pressiona os preços e impacta o volume das operações.

Além disso, o BRZ Infra Portos, por ser um produto de renda variável, está suscetível a riscos habituais de mercado, mas também a alterações da legislação.

“Podem ocorrer mudanças, como aumento da carga tributária incidente sobre o investimento nas cotas, como por exemplo eventual extinção dos benefícios fiscais estabelecidos, possíveis modificações na alíquota e/ou na base de cálculo dos tributos existentes, criação de novos tributos e mudanças na interpretação ou aplicação da legislação tributária em vigor por parte dos tribunais ou das autoridades governamentais”, listou Manda.

O fundo ainda corre o risco de ficar endividado, contraindo ou efetuando empréstimos que podem afetar seu patrimônio líquido.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 22/09/2020 - 13:11